Dia da Amazônia: 5 de setembro é para reflexão

eCycle

Dia da Amazônia é comemorado em 5 de setembro. Data inspira reflexão sobre a importância de se preservar a Floresta Amazônica

Dia da Amazônia
Imagem editada e redimensionada de James Martins, está disponível no Wikimedia e licenciada sob CC by 3.0

O Dia da Amazônia é comemorado em 5 de setembro e tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre a importância da maior floresta tropical do mundo, cuja biodiversidade está conectada com a vida de todo o planeta e tem sofrido ataques constantes. Essa data foi escolhida por coincidir com a data de criação da Província do Amazonas (atual Estado do Amazonas) por D. Pedro II, em 1850.

A Amazônia

A Amazônia é uma região de 8 milhões de km2 que se estende por nove países da América do Sul, incluindo Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname, França (Guiana Francesa) e Brasil. Este último detém 60% da Amazônia. Além de abrigar o maior reservatório de água doce do mundo, ela detém a maior biodiversidade do planeta, está localizada na maior bacia hidrográfica do mundo e possui o maior rio do mundo em volume de água: o rio Amazonas, com 6.937 km de extensão - sendo uma significativa fornecedora de serviços ecossistêmicos e território de povos originários.

A Floresta Amazônica é chamada cientificamente de floresta latifoliada equatorial. Ela recebe esse nome por apresentar uma vegetação com folhas grandes e largas; e por estar próxima da região do Equador, sendo densa, perene (não perde as folhas ao longo do ano em nenhuma estação) e hidrófila (adaptada à presença de água em abundância). Ela abrange 40% do território brasileiro, além de ocupar porções dos territórios da Venezuela, Colômbia, Bolívia, Equador, Suriname, Guiana e Guiana Francesa.

No Brasil, a floresta amazônica ocupa praticamente toda a região norte, principalmente os estados do Amazonas, Amapá, Pará, Acre, Roraima e Rondônia, além do norte do Mato Grosso e oeste do Maranhão. Estima-se que ela abriga 50 mil espécies de plantas, 3 mil espécies de peixes e 353 de mamíferos, dos quais 62 são primatas. Para se ter uma ideia, há mais espécies vegetais em um hectare de floresta amazônica do que em todo o território europeu.

As abelhas também apresentam diversidade de destaque. Das mais de 80 espécies de meliponíneas (abelhas sem ferrão), cerca de 20 são criadas na região. Na Amazônia acredita-se que cerca de 30% das plantas dependem das abelhas para polinização, chegando a alguns casos a 95% das espécies de árvores. Ainda há de se considerar a diversidade dos grupos de invertebrados como as minhocas, que possuem mais de 100 espécies na região, sendo fundamentais para a decomposição da matéria orgânica.

Importância da Amazônia

O bioma amazônico possui grande importância para a estabilidade ambiental do Planeta. Em suas florestas estão fixadas mais de uma centena de trilhões de toneladas de carbono. Sua massa vegetal libera algo em torno de sete trilhões de toneladas de água anualmente para a atmosfera, através da evapotranspiração, e seus rios descarregam cerca de 20% de toda a água doce que é despejada nos oceanos pelos rios existentes no globo terrestre. Além de prestarem relevantes serviços ambientais, esses mananciais detêm potencial hidrelétrico de fundamental importância para o país, além de vastos recursos pesqueiros e potencial para a aquicultura.

Além de sua reconhecida riqueza natural, a Amazônia abriga expressivo conjunto de povos indígenas e populações tradicionais que incluem seringueiros, castanheiros, ribeirinhos, babaçueiros, entre outros, que lhe conferem destaque em termos de diversidade cultural.

Na Amazônia, ainda é possível a existência de pelo menos 50 grupos indígenas arredios e sem contato regular com o mundo exterior. Os povos indígenas possuem a melhor experiência em manter a floresta, e o trato com estes povos é essencial para assegurar a manutenção das grandes áreas de florestas por eles habitada.

Os benefícios dos serviços ambientais proporcionados pelo bioma amazônico devem ser usufruídos pelas pessoas que vivem em suas florestas. Assim, o desenvolvimento de estratégias que captem os valores destes serviços será o desafio em longo prazo para todos que se relacionam e se importam com este bioma.

Apesar de sua importância para o Planeta, a Amazônia tem sido constantemente ameaçada por inúmeras atividades predatórias. Riscos para a biodiversidade nas florestas amazônicas incluem desmatamento, exploração madeireira, queimadas, fragmentação, mineração, extinção da fauna, invasão de espécies exóticas, tráfico de animais silvestres e mudanças climáticas. Por isso, o Dia da Amazônia convida as pessoas para se preocuparem com a Floresta Amazônica em meio a um cenário preocupante de degradação.

No Dia da Amazônia e no resto do ano, faça sua parte para preservar a floresta. Pressione por leis ambientais mais rígidas e por sua fiscalização e cumprimento. Preste atenção nos produtos que você consome e compre apenas aqueles que sejam certificados. Além disso, prefira sempre produtos reciclados e recicláveis e, se realmente precisar consumir itens de madeira, procure por madeira de reflorestamento.


Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×