Benefícios do delicioso kiwi

eCycle

Rico em vitamina C, o kiwi é bom para a saúde intestinal, ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e muito mais

Kiwi

Os primeiros registros existentes do kiwi datam de 800 a 1200 a.C.; neles, a fruta é citada em poemas e cânticos chineses. Conhecida cientificamente como Actinidia deliciosa (isso mesmo, "deliciosa" faz parte do nome científico do kiwi), é uma fruta indígena com origem no sudoeste da Ásia.

Existem diversos tipos de kiwi, incluindo alguns cultivados apenas para fins ornamentais. O que se tornou mais conhecido é o comestível. A fama do kiwi se espalhou pelo mundo durante o século XX, quando o fruto foi introduzido na Nova Zelândia e passou a ser produzido também na América e na Europa.

Além de delicioso (como o próprio nome já diz), o kiwi traz uma série de benefícios para a saúde humana, já que é fonte de fibras, minerais e vitaminas.

Benefícios do kiwi

Fibras

Se fôssemos comparar o kiwi à laranja e à maçã, o kiwi sairia ganhando em termos de quantidade de fibras, já que contém cerca de 3 g a cada 100 g do fruto contra 1,5 g a cada 100 g de maçã.

As fibras presentes no kiwi auxiliam no efeito laxante, uma vez que elas não se degradam com o processo metabólico das bactérias e absorvem água, tornando as fezes menos sólidas e mais fáceis de serem eliminadas pelo sistema digestivo.

Além disso, as fibras, de maneira geral, ajudam a prevenir a obesidade, pois possuem grande volume e pouca quantidade de calorias - isso aumenta o tempo de mastigação e permite a sensação de saciedade, evitando, por sua vez, a compulsão alimentar.

As fibras também trazem benefícios para o controle do colesterol e da glicemia, o que previne doenças no sistema cardiovascular.

Minerais e vitaminas

O kiwi é uma fonte de cobre (8%), magnésio (6%), ferro (4%), cálcio (5%) e potássio (porcentagem baseada na dose diária recomendada, para 100 g da fruta), minerais que ajudam a balancear os fluidos do organismo.

A fruta é fonte de manganês, um importante mineral envolvido na utilização das proteínas. E apesar da laranja levar a fama, quem é rico mesmo em vitamina C é o kiwi, que possui quase o dobro de vitamina C da fruta alaranjada.

A vitamina C ajuda a neutralizar os radicais livres, melhorando a imunidade. Sem essa neutralização, o organismo humano pode vir a desenvolver cancro, artrite reumatoide, arteriosclerose, asma, gripes, diabetes, entre outros.

Mas os benefícios do kiwi não param por aqui, ele ainda é rico em vitaminas A e E, que, juntamente da vitamina C, atuam como antioxidantes.

O kiwi também é rico em ácido fólico, que atua na formação dos glóbulos vermelhos (prevenindo anemia) e dos tecidos do DNA, reduzindo os teores de uma toxina chamada "hemocisteína", o que ajuda a prevenir doenças cardiovasculares.

Para aproveitar os benefícios do kiwi, é possível comer a fruta in natura, fazer um suco de kiwi ou ainda utilizá-lo no preparo de receitas de torta ou até mousse de kiwi.

Suco de kiwi

Conheça uma receita de suco de kiwi com couve e água de coco, um verdadeiro suco verde detox.

Sorvete de kiwi

Confira no vídeo duas receitas simples de sorvete de kiwi.

Aproveite a fruta ao máximo

Lembre-se: quanto mais fresco estiver, mais o kiwi conservará suas propriedades. O ideal é descascá-lo apenas na hora de consumir. Também é possível comer o kiwi em sua forma integral, ou seja, aproveitar também a casca. Essa é uma forma de preservar o máximo de suas fibras, mas só é aconselhável comer a casca se o kiwi for orgânico (assim você evita o risco de se contaminar com agrotóxicos presentes na casca). Você não precisa comer a casca junto com o kiwi in natura, mas pode aproveitá-la para o preparo de receitas de chá ou suco de kiwi.


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail