Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Pesquisas apontam a SUV como fonte do aumento de emissões de CO2 no mundo

SUV ou Sport Utility Vehicle é um modelo de carro mais elevado que foi popularizado por ser mais espaçoso que os modelos convencionais. Embora muitos estilos sejam versáteis e adaptados para asfalto e outros tipos de solo, a SUV pode contribuir negativamente para a degradação do meio ambiente.

Tradicionalmente, o SUV é um carro que foi elevado do chão para proporcionar uma posição mais alta a ser dirigido. É mais robusto e possui o interior e o porta-malas maiores do que os de carros comuns.

Inicialmente feito para atingir o nicho de pessoas que pegam estradas e viajam mais, o SUV foi popularizado dentro do meio urbano, sendo utilizado majoritariamente por famílias por conta de seu design avantajado. 

Além disso, o status vindo dos SUVs também pesa para a sua popularidade. Por serem carros versáteis, grandes e esteticamente “mais bonitos” que carros convencionais, os SUVs são desejados pela população. Sendo mais caros que carros populares, eles também indicam que o proprietário tem alto poder aquisitivo. 

SUVs e carros comuns

Em 2020, o consumo de petróleo por carros convencionais diminuiu em 10%, o que é equivalente a cerca de 1,8 milhões de barris por dia. Essa redução, provavelmente, aconteceu devido à pandemia. Menos carros na rua resultam na diminuição do uso do petróleo, porém, como resultado de algo momentâneo, essa queda também pode ser temporária.

Contudo, parte da redução se deu devido ao aumento de popularidade entre carros elétricos. Cerca de 40 mil barris foram economizados por dia pela preferência pelos  carros elétricos. 

Porém, esses números são cancelados pela também crescente venda de SUVs. Embora todas as vendas de carros tenham caído em 2020, 42% dos veículos comercializados eram SUVs, grandes consumidores de gasolina e, consequentemente, grandes poluentes atmosféricos. 

Desde 2010, acredita-se que o número de SUVs nas estradas tenha aumentado em mais de 230 milhões. 

Em comparação com carros convencionais, o SUV é responsável pelo consumo de 20% mais energia, além de liberar 14% mais carbono na atmosfera. Acredita-se que todos os SUVs comprados em 2018 emitiram mais de 3,5 milhões de CO2 na atmosfera em comparação aos carros convencionais em um ano. 

Impactos ambientais 

Uma pesquisa apontou a SUV como a segunda maior contribuinte para o aumento das emissões de carbono entre 2000 e 2018, ultrapassando megapoluentes como caminhões, aviação e a indústria pesada. De acordo com o The Guardian, esses carros são responsáveis pela liberação de cerca de 700 megatoneladas de CO2 todos os anos — o que é equivalente a emissões anuais do Reino Unido e da Holanda juntos. 

Todos os donos de SUVs emitem, juntos, a mesma quantidade de CO2 que o sétimo país mais emissor do mundo.

Por que poluem mais?

Porque são mais pesados e maiores do que os carros convencionais, os SUVs gastam muito mais energia e queimam mais combustível em suas viagens. Sua popularidade e crescimento do mercado os tornam grandes poluentes da indústria automobilística, ultrapassando a indústria aérea. 

Embora a indústria automobilística tenha respondido às críticas criando SUVs híbridos, ainda assim esses carros continuam sendo mais poluentes por conta de seu peso e tamanho. 

Outros perigos 

Os SUVs não oferecem ameaças apenas para o meio ambiente, uma matéria da Forbes americana ressalta seus riscos aos pedestres. De acordo com a publicação, 100% de pessoas atropeladas por SUVs correndo a mais de 100 km/h em Michigan morreram, em comparação aos 54% de carros convencionais. 

Como já mencionado, embora esses carros tenham sido fabricados para serem usados em estradas, a maior parte dos SUVs é encontrada em áreas urbanas altamente populosas.  

Soluções

A criação de SUVs híbridos pouco serve para diminuir o tamanho de suas emissões. Por isso, países como a França criaram uma taxa para carros mais poluentes. Contudo, dado o preço desses automóveis, é pouco provável que os consumidores alvo do produto sejam dissuadidos por uma taxa. 

Especialistas também acreditam que esse mercado crescente é resultado da preferência por carros maiores. Dessa forma, é preciso conscientizar os consumidores dos impactos socioambientais envolvidos no uso de SUVs, desincentivando sua compra.

Ativismo 

Usando lentilhas, o grupo de ativistas ambientais “Tyre Extinguishers”, ou “Esvaziadores de Pneus”, da Inglaterra, estima que esvaziou pelo menos mil pneus de SUVs em duas semanas em março de 2022. 

Os primeiros aparecimentos do grupo foram na internet em julho de 2021, quando abriram uma conta pública no Twitter e um site explicando o projeto. De acordo com seus representantes, o grupo foi criado com o intuito de conscientizar a população sobre os impactos dos SUVs nas mudanças climáticas. Sem líderes, os representantes dos Tyre Extinguishers dizem que não vão parar suas ações até que seja impossível adquirir um SUV no Reino Unido. 

New Scientist, Forbes, The Guardian (1, 2), Buy a Car e Wired

Avatar do autor Júlia Assef
Escrito por:

Júlia Assef

Jornalista e vegetariana.