Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Novo equipamento proverá imagens com maior precisão

A agência espacial dos Estados Unidos, Nasa, lançou um satélite ao espaço, na madrugada do dia 2 de julho, para medir o nível de dióxido de carbono (CO2) que existe na atmosfera. Segundo algumas linhas teóricas, o gás seria o principal causador do aquecimento global.

Batizado como Orbiting Carbon Observatory-2 (OCO-2), o satélite decolou dentro do foguete Delta 2, partindo da base Vandenberg da Força Aérea do país, no estado da Califórnia.

O lançamento ocorreu após duas tentativas frustradas, em 2009 e 2011, devido a falhas do foguete. Inicialmente, a ideia era enviar o satélite no dia 1º, mas houve complicações com o fluxo de água do foguete.

Se tudo correr bem, o OCO-2 se unirá ao A-Train, um grupo de cinco satélites internacionais que observam o planeta. O novo equipamento irá proporcionar as imagens mais detalhadas até hoje das fontes naturais de CO2.


Veja também: