Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Modelo de gerenciamento sustentável, logística verde, tem papel importante para a redução do dano ambiental provocado em cadeias produtivas

A logística verde é um modelo de gerenciamento logístico que tem como objetivo a redução de impactos ambientais na cadeia produtiva. Esse modelo se assemelha à logística reversa e tem como vantagens a redução de resíduos e de emissão de poluentes.

Logística

A área da logística estuda as atividades de gerenciamento de empresas. Ela leva em conta o percurso dos materiais, do seu local de origem até o seu consumo. As funções mais importantes nessa área são o armazenamento, a estocagem e o transporte de produtos e matérias-primas. 

Logística verde

Logística verde. Imagem de Peggy_Marco em Pixabay

A logística verde é uma alternativa sustentável ao gerenciamento logístico convencional, que não tem enfoque no meio ambiente. O modelo da logística verde planeja formas de reduzir os impactos ambientais provocados pelo processo produtivo. 

Dessa forma, a logística verde leva em conta não apenas o retorno financeiro da empresa, mas o custo dos danos ambientais provocados por ela. O custo ambiental de uma empresa pode ser pensado como a poluição do ar, solo ou água; resíduos sólidos; mudanças no clima; e até mesmo barulhos e tremores.

A logística verde tem como objetivos a diminuição do uso de embalagens e das emissões de poluentes atmosféricos e, assim, dos danos ambientais gerados pelo processo produtivo.

Para que isso seja possível, ela conta com ações como a reciclagem ou reaproveitamento de embalagens e a remanufatura dos produtos. A remanufatura consiste na prática de trocar ou consertar um material que está com defeito, o que possibilita o uso do produto e evita o seu desperdício.

Assim, a logística verde promove a redução das emissões de gases do efeito estufa e a contaminação do solo e da água por ingredientes nocivos.  Além disso, reduz a quantidade de lixo presente nos aterros e lixões.

Cadeia produtiva

A logística verde é composta por uma cadeia cíclica, que considera todos os materiais e recursos utilizados ao longo do processo de fabricação. Essa cadeia também leva em conta alternativas para os resíduos gerados pelo consumo dos produtos, com práticas como a reciclagem e o reuso. Confira as etapas:

  • Empacotamento verde: dá prioridade a embalagens biodegradáveis com menor quantidade de material
  • Carga e descarga verde: diminui o desperdício de materiais a partir de investimento em tecnologias no meio de produção
  • Armazenamento verde: consiste em um armazenamento que facilite o transporte
  • Transporte verde: corresponde a transportes de curtas distâncias e meios de transporte que emitem menos gases do efeito estufa e demandam menos energia
  • Distribuição urbana verde: leva em conta o deslocamento e a produção de resíduos
  • Gestão da informação verde: busca a obtenção de todas as informações do processo produtivo, a fim de evitar desperdícios e aumentar a eficiência do processo
  • Reciclagem: tem como objetivo o retorno do material resultante do processo na fabricação de novos produtos

Logística verde e logística reversa

A logística reversa tem como objetivo usar materiais já extraídos da natureza para a fabricação de produtos. Ela leva em conta o retorno de todos os resíduos do produto de volta para a cadeia produtiva. 

Sendo assim, atua com práticas como a reciclagem, a escolha por materiais menos prejudiciais para o meio ambiente e o tratamento adequado para resíduos. Enquanto isso, a logística verde reduz o uso de recursos necessários na cadeia produtiva. Tem como foco a redução de impactos ambientais negativos.

A execução desses dois modelos pode ser feita de forma conjunta, desempenhando um melhor resultado ambiental para a cadeia produtiva. Algumas práticas da logística verde estão presentes na logística reversa, e vice-versa, como a prática de reciclagem, as embalagens reutilizáveis e a prática de remanufatura. 

Entretanto, outras práticas são exclusivas de cada modelo. Na logística reversa, não é considerada a redução da quantidade de material utilizado para a fabricação de produtos. Já na logística verde, essa redução é um dos pontos principais do modelo. 

Alguns pontos que estão presentes exclusivamente na logística reversa são: 

  • Escolha de fornecedores secundários; 
  • Retorno completo dos produtos para a cadeia produtiva;  
  • Presença de um marketing de retorno.