Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

O intemperismo é o conjunto de modificações de ordem física e química que as rochas sofrem ao aflorar na superfície da Terra

O intemperismo é o conjunto de modificações de ordem física e química que as rochas sofrem ao aflorar na superfície da Terra. A rocha alterada e o solo, que são os produtos desse processo, também estão sujeitos à erosão, transporte e sedimentação, que acabam levando à denudação continental (termo geológico que indica a remoção da superfície de uma região por efeito erosivo), com consequente aplainamento do relevo.

Os principais agentes de intempéries são a água, o vento, o gelo e a gravidade. De modo geral, existem três tipos de intemperismo: físico, químico e biológico

Tipos de intemperismo

Intemperismo físico

O intemperismo físico consiste na quebra mecânica das rochas, que se despedaçam em fragmentos um pouco menores ou até em pequenos grãos, chamados de sedimentos. 

Esse processo – conhecido como desagregação – acontece porque os diferentes materiais que compõem as rochas possuem coeficientes de dilatação distintos, ou seja, cada um reage ao calor e ao frio de um modo. Em regiões frias, por exemplo, a água congelada tende a alterar as suas características e a aumentar a sua massa. Assim, as águas que antes haviam se infiltrado nas formações rochosas realizam uma enorme pressão interna, fragmentando-as. 

Intemperismo químico

O intemperismo químico acontece quando existe alteração da composição dos minerais que formam as rochas.

A partir dos processos de movimentação e transformação do relevo, muitas rochas encontram novos ambientes, com condições de temperatura e pressão diferentes dos locais onde elas surgiram, fazendo com que seus minerais fiquem instáveis. Para se tornarem mais estáveis, eles alteram suas formas químicas.

Intemperismo biológico

O intemperismo biológico consiste na quebra ou na dissolução das rochas realizadas por seres vivos, como pequenos insetos e micro-organismos. 

Fatores que influenciam a ocorrência do intemperismo

O intemperismo pode ser influenciado por fatores bióticos e abióticos. Os fatores bióticos consistem nas comunidades vivas de um ecossistema, como plantas, animais e micro-organismos. Já os fatores abióticos são os elementos físicos, químicos ou geológicos do ambiente. Entre eles, estão:

  • Substâncias inorgânicas;
  • Compostos orgânicos;
  • Regime climático;
  • Temperatura;
  • Luz;
  • pH;
  • Oxigênio e outros gases;
  • Umidade;
  • Solo.

Erosão

“Erosão” é um termo utilizado para descrever a remoção de materiais por agentes naturais em movimento na superfície terrestre. Esses materiais podem ser naturais ou construídos pelo ser humano. A água corrente, o gelo e o vento são alguns exemplos de agentes erosivos. Vale ressaltar que a erosão é um dos processos responsáveis por esculpir o relevo e modificar continuamente a superfície terrestre.

Apesar de ser um processo natural, a erosão vem sendo intensificada pela ação humana e uso inadequado dos solos. As principais consequências desse fenômeno são lixiviação, assoreamento, deslizamento de terra e desertificação, processos que causam graves prejuízos para diversos ecossistemas