Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

O inquilinismo é uma relação ecológica interespecífica e harmônica

Inquilinismo é a relação ecológica em que uma espécie vive sobre ou no interior de outra espécie, sem prejudicá-la. O principal recurso buscado pelo inquilino é abrigo e moradia. Bromélias, orquídeas e samambaias que vivem em cima de árvores podem ser citadas como exemplo. 

O que são relações ecológicas?

Relações ecológicas são as interações que ocorrem entre os seres vivos dentro dos ecossistemas. Elas podem ser entre indivíduos da mesma espécie (intraespecífica) ou entre espécies diferentes (interespecíficas). Além disso, as relações ecológicas podem ser benéficas ou prejudiciais para as partes envolvidas.

Classificação das relações ecológicas

Como dito anteriormente, as relações ecológicas são interações que ocorrem entre os seres vivos. Elas podem ocorrer entre indivíduos de uma mesma espécie, sendo classificadas como relações intraespecíficas, ou de espécies diferentes, como relações interespecíficas.

Além dessa classificação, as relações ecológicas podem ser harmônicas ou desarmônicas. Relações harmônicas são aquelas que beneficiam os indivíduos envolvidos ou que não causam prejuízos para nenhum deles. Já relações desarmônicas são aquelas que causam prejuízos para pelo menos um dos indivíduos envolvidos.

Sendo assim, as relações ecológicas podem ser interespecíficas harmônicas, interespecíficas desarmônicas, intraespecíficas harmônicas e intraespecíficas desarmônicas. Nesse caso, o inquilinismo é uma relação ecológica interespecífica e harmônica. Isso porque ocorre entre indivíduos de espécies diferentes e beneficia uma delas, embora a outra não sofra nenhum prejuízo.

Comensalismo

De acordo com alguns autores, o inquilinismo pode ser considerado um tipo de comensalismo. Comensalismo é a relação ecológica em que uma das espécies é beneficiada pela associação, enquanto a outra não obtêm nenhuma vantagem, embora não sofra nenhum prejuízo. O principal recurso buscado pelo comensal  é o alimento. Um exemplo conhecido de comensalismo é a associação entre a rêmora e o tubarão. 

Exemplos de inquilinismo

Inquilinismo
Imagem de Yoal Desurmont no Unsplash

Um exemplo clássico de inquilinismo ocorre entre o peixe-agulha e o pepino-do-mar. Quando em perigo, o peixe-agulha busca proteção abrigando-se no interior do corpo do equinodermo. 

Outro exemplo de inquilinismo acontece entre as epífitas e as árvores. Crescendo sobre as árvores, as plantas garantem maior suprimento de luz para a realização da fotossíntese, o que é extremamente importante em ambientes que recebem pouca iluminação, como o interior de florestas. 

Importância das relações ecológicas

As relações ecológicas são necessárias e importantes para o equilíbrio das populações que interagem, tendo um efeito benéfico para a comunidade como um todo, independentemente se há prejuízo para alguma espécie ou população em particular.