Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

O impacto do plástico como bem de consumo é ainda maior: R$ 167 bilhões

A ONU estimou o valor anual do danos causados ao ecossistema marinho: US$ 13 bilhões (aproximadamente R$ 29 bilhões). O dado leva em conta produtos plásticos que vão parar no mar e acabam deteriorando recifes de corais ou matando tartarugas e golfinhos.

A pesquisa do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) também revelou que o custo do uso do plástico em bens de consumo é de U$S 75 bilhões (cerca de R$ 167 bilhões) – esse impacto é causado devido à poluição do mar e do ar (quando o plástico é incinerado).

O diretor Pnuma, Achim Steiner, apesar de reconhecer o papel fundamental do plástico na sociedade atual, afirma que não é possível ignorar seus impactos. Para isso, é necessário encontrar formas de reduzir o uso do plástico, reciclá-lo e redesenhar produtos feitos com tal matéria-prima. Essas atitudes reduzem danos ao turismo, ao setor pesqueiro e, claro, ao ecossistema marinho.

Ingestão de plástico

De acordo com a pesquisa, há uma quantidade imensa de plástico que entra no oceano como lixo, devido ao turismo ou a atividades pesqueiras. Esse material pode viajar por longas distâncias ou simplesmente afundar no mar.

Quando se acumula no oceano, o plástico pode ser ingerido por animais diversos, como tartarugas, peixes e pássaros, causando morte ou doenças. Ele também tem a capacidade de aprisionar golfinhos e baleias e danificar corais.

Há a preocupação de contaminação química e danos às indústrias de turismo e de pesca. O relatório afirma que empresas que reciclam plástico conseguem, unidas, economizar até US$ 4 bilhões.

Para mais informações a respeito, clique aqui. Para reciclar seus itens plásticos, clique aqui.


Veja também: