Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Entenda o que é o i-Doser, se funciona mesmo e quais são seus efeitos

i-Doser é um software de hospedagem de arquivos de MP3 que conta com a tecnologia de batidas binaurais — descoberta em 1800 por Heinrich Wilhelm Dove. Esses formatos de áudio prometem induzir certos tipos de estados mentais como relaxamento, meditação e criatividade. 

De acordo com o site i-Doser.com, seus áudios oferecem cerca de 80% de eficácia, enquanto os áudios postados na plataforma do YouTube contam com a eficiência de 3%. Para que funcionem como o esperado, especialistas do assunto alegam que os áudios devem ser escutados com fones de ouvido de alta qualidade. 

Os áudios fornecidos no i-Doser prometem induzir alguns efeitos como sonhos lúcidos, purificação de alma e mindfulness. Entretanto, entre seus produtos mais controversos, também estão ondas binaurais que supostamente simulam o efeito de drogas reais. 

Drogas digitais

O conceito de i-Doser ficou popularmente conhecido durante uma série de matérias publicadas em 2010, alegando que os áudios eram capazes de induzir efeitos similares ao uso de drogas, como LSD, cocaína e maconha. Após uma matéria do Daily Mail, que até então foi apagada da web, vários pais compartilharam sua preocupação sobre a possibilidade de seus filhos estarem usando “drogas digitais”. 

Entre os áudios mais populares da época estavam “Gates of Hades” (Portões de Hades) e “Hand of God” (Mão de Deus), que prometiam induzir experiências de quase morte, pesadelos e outros sentimentos fortes que se igualavam aos efeitos das drogas.  

Em meio a isso, adolescentes começaram a postar vídeos em redes sociais onde supostamente apareciam sob os efeitos do i-Doser. Porém, acredita-se que esses vídeos sejam encenados. 

Desde então, relatos verdadeiros sobre o uso dos áudios foram publicados, com efeitos diversos, ou quase nenhum. Em um depoimento publicado no site Where Y’at, por exemplo, depois de 35 minutos de áudio, o usuário não se sentiu diferente ou impactado pelas ondas sonoras. 

O próprio fundador do software, Nick Ashton, promete que o i-Doser foi idealizado como uma técnica positiva, que pode ajudar seus clientes e criar resultados positivos.

Imagem de Kelly Sikkema no Unsplash

Como funcionam?

Especialistas das batidas binaurais alegam que elas não se tratam de uma “droga digital” e sim, de uma terapia que pode auxiliar no tratamento de transtornos mentais, como a ansiedade. Ela funciona induzindo estados de ondas cerebrais, que podem ou não fazer com que os pacientes se sintam relaxados facilmente. 

Ondas cerebrais

Similar ao propósito do i-Doser, uma pesquisa realizada no Japão indica que o estímulo do cérebro em certas frequências consegue modular pensamentos relacionados à solução de problemas. Essa forma de estímulo é chamada de “estímulo magnético transcraniano repetitivo”, ou EMTr, e consegue ressoar ritmos cerebrais e comportamentos cognitivos realizados em momentos de desistência, incluindo aqueles que envolvem desistir de ter um comportamento nocivo, como pensar compulsivamente em algo que não pode ser solucionado. 

Acredita-se que o EMTr pode ser usado no tratamento de alguns sintomas da depressão, como a ruminação mental. As frequências analisadas pelo estudo conseguem estimular o cérebro a desistir de certos pensamentos, ajudando pacientes a interromperem a repetição de pensamentos negativos. 

Leia mais sobre isso aqui: