Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Como decoração ou presente, as flores desidratadas podem ter várias utilidades

As flores desidratadas, ou flores secas, são comumente usadas na decoração de um espaço, cadernos, livros e presentes. Cheias de cores, formas e texturas, essas flores podem adicionar um toque especial em qualquer lugar que estão. Além disso, a sua desidratação pode ser uma técnica de preservação das plantas.

O ato de secar flores para sua preservação pode ser datado em tempos antigos. Os egípcios, por exemplo, usam as flores desidratadas para a confecção de perfumes, cosméticos ou para adornar túmulos e sarcófagos. Já no Japão, a arte de conservação dessas plantas secas eram feitas pressionando flores em cadernos e livros. Em outros locais, flores, ervas e outros tipos de plantas também eram secas para usos medicinais — como parte do herbalismo. 

Desde então, essas plantas contam com diversas utilidades dentro de casa. Fáceis de fazer e bonitas, incremente flores desidratadas na sua decoração. Aprenda como fazê-las. 

Imagem de Min. no Unsplash

Como secar flores

Siga esse passo a passo de como fazer flores desidratadas

  • Se as flores estiverem plantadas, colha-as de manhã, antes que abram completamente;
  • Corte de 12 a 15 centímetros do caule; 
  • Remova a folhagem e espinhos do caule; 
  • Faça um buquê de quantas flores quiser, preferencialmente de 8-10 flores por buquê e amarre-o com um elástico pelos caules; 
  • Guarde o buquê de cabeça para baixo, pendurado em um lugar seco, escuro, bem ventilado e sem exposição do Sol — um armário, por exemplo; 
  • Depois de duas a três semanas as flores estarão secas e prontas para serem usadas.

Algumas flores de caules mais finos podem acabar se deteriorando por conta do elástico, portanto, escolha amarrá-las delicadamente com pedaços de barbante. 

Melhores flores para secar 

Enquanto diversas flores podem ser desidratadas, algumas podem ser muito frágeis para suportar o processo, acabam se desfazendo e suas pétalas podem cair. Por isso, existem flores ideias para usar na técnica, são elas: 

Hortênsias

As hortênsias são as flores desidratadas mais comuns, contando com sua diversidade em cores e tamanhos. Suas pétalas geralmente conseguem segurar sua cor durante o processo de desidratação e elas ficam lindas em arranjos e decorações. Elas são fáceis de plantar e resistentes a pestes ou infestações de insetos.  

Lavanda

A lavanda também é uma ótima opção, seja para arranjos ou para pot-pourri, por conta de seu aroma. Assim como as hortênsias, são plantas resistentes e seu aroma, acredita-se, tem diversos benefícios. 

As flores desidratadas, ou flores secas, são comumente usadas na decoração de um espaço, cadernos, livros e presentes. Aprenda como fazê-las.
“Lavanda” Imagem editada e redimensionada de rocknwool, está disponível no Unsplash

Rosas

Além das hortênsias, as rosas também são flores populares para secar. Tanto por sua beleza, quanto por tentar eternizar um buquê com significado especial, a flor tem uma aparência elegante mesmo seca e pode ajudar na decoração de casa ou de presentes. 

Contudo, suas pétalas são frágeis e podem acabar caindo. Por isso, a melhor forma de preservação é feita prensando-as sobre folhas de papel delicadamente. 

Gipsofila

Delicadas e pequenas, as gipsofilas podem ser uma ótima opção para flores desidratadas. Por serem brancas e neutras, complementam outros buquês e oferecem um toque mais sutil ao ambiente. 

Celósia

As celósias possuem cores resistentes e sobrevivem ao ato de secagem. Vibrantes e bonitas, podem ser desidratadas em buquês de cinco a sete flores e, depois de secas, compor buquês maiores para decoração.