Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

O encontro internacional “Estocolmo+50: um planeta saudável para a prosperidade de todos e todas – nossa responsabilidade, nossa oportunidade” (Estocolmo+50), convocada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, será realizado nos dias 2 e 3 de junho em Estocolmo, Suécia.

O evento celebra os 50 anos da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano de 1972 que, pela primeira vez, tornou o meio ambiente uma questão global premente e estabeleceu o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA).

Mais de 10 chefes de Estado e governo e mais de 90 ministros de 130 Estados-membros participantes, bem como representantes da sociedade civil e do setor privado, confirmaram sua presença em Estocolmo no intuito de discutir a cooperação internacional e a colaboração para enfrentar a tripla crise planetária de mudança climática, perda de biodiversidade e poluição e resíduos. 

encontro internacional “Estocolmo+50: um planeta saudável para a prosperidade de todos e todas – nossa responsabilidade, nossa oportunidade” (Estocolmo+50), convocada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, será realizado nos dias 2 e 3 de junho em Estocolmo, Suécia. O evento celebra os 50 anos da  Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano de 1972 que, pela primeira vez, tornou o meio ambiente uma questão global premente e estabeleceu o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA).

Aproveitando o espírito histórico da Conferência de 1972, Estocolmo+50 oferece uma oportunidade para refletir, conectar e acelerar ações urgentes sobre meio ambiente, em um contexto global de enfrentamento da tripla crise planetária de mudança climática, perda de biodiversidade e poluição e resíduos.

“A vida é uma só e o mundo é um só, e todas estas questões estão interligadas. A explosão populacional, a pobreza, a ignorância e as doenças, a poluição de nosso entorno, o estoque de armas nucleares e de agentes de destruição biológicos e químicos são tudo parte de um círculo vicioso. Cada uma delas é importante e urgente, mas lidar com elas uma a uma seria um desperdício de esforço”, disse a falecida primeira-ministra da Índia, Indira Gandhi, em seu discurso na Conferência de Estocolmo de 1972. “Nossa única alternativa é uma abordagem cooperativa em escala global para todo o espectro de nossos problemas”.

Mais de 10 chefes de Estado e governo e mais de 90 ministros de 130 Estados-membros participantes, bem como representantes da sociedade civil e do setor privado, confirmaram sua presença em Estocolmo no intuito de discutir a cooperação internacional e a colaboração para enfrentar a tripla crise planetária. (números sujeitos a atualizações)

Reforçando mutuamente o apelo por ações urgentes em direção à sustentabilidade, o Dia Mundial do Meio Ambiente 2022, uma plataforma global para inspirar mudanças positivas, será celebrado em 5 de junho. Essa data internacional da ONU foi formalizado na Conferência de Estocolmo há 50 anos e tornou-se um importante momento de sensibilização ambiental, com milhões de pessoas de todo o mundo se engajando todos os anos para proteger o planeta. “Uma Só Terra”, o tema deste ano, também foi o lema da Conferência de Estocolmo de 1972 e 50 anos depois ele se mantém pertinente – este planeta é nossa única casa.

Acesse mais informações sobre as atividades do Dia Mundial do Meio Ambiente.

Estocolmo+50: um planeta saudável para a prosperidade de todos e todas – nossa responsabilidade, nossa oportunidade

  • Quando: de 2 a 3 de junho de 2022
  • Onde: Stockholmsmässan, Estocolmo, Suécia
  • O que: Ancorado na Década de Ação, sob o tema “Estocolmo+50: um planeta saudável para a prosperidade de todos e todas – nossa responsabilidade, nossa oportunidade”, a programação da reunião de alto nível com duração de dois dias inclui as sessões principais do encontro internacional, eventos paralelos e eventos do Centro de Ação Multi-stakeholder (CEST fuso horário / UTC+2). Será realizada uma coletiva de imprensa de abertura e uma coletiva de imprensa de encerramento.

Coletiva de Imprensa de Abertura:
Data/hora:
 2 de junho (quinta-feira) / Horário a confirmar
Local do evento: Press briefing room, Stockholmmässan/UN Web TV (o link para participação on-line será fornecido posteriormente)  

Coletiva de Imprensa de Encerramento:
Data/hora:
 3 de junho (sexta-feira) / Horário a confirmar
Local do evento: Press briefing room, Stockholmmässan/UN Web TV (a participação online no webinar será fornecida posteriormente)             
 

As transmissões ao vivo das sessões principais estarão disponíveis aqui.          

Palestrantes -A lista provisória de oradores(as) pode ser encontrada aqui. Os três Diálogos de Liderança têm um caráter colaborativo e multi-stakeholder. As partes interessadas de diferentes gêneros e idades, incluindo ativistas de clima, cientistas, povos indígenas e comunidades locais são convidadas a contribuir para as discussões a fim de criar um ímpeto por um planeta saudável para a prosperidade de todos e todas.

Alguns nomes confirmados dos diálogos de liderança são: Dario Mejía Montalvo, membro do Povo Zenú indígena de San Andrés Sotavento’; John F. Kerry, Enviado Presidencial Especial para o Clima, Estados Unidos da América; Vanessa Nakate, ativista da justiça climática de Uganda e fundadora do Movimento Rise Up baseado na África; e Virginijus Sinkevičius, Comissário para o Meio Ambiente, Oceanos e Pesca, na Comissão Europeia.

Eventos paralelos -Além da programação oficial do encontro internacional, serão organizados 45 eventos paralelos sobre diversos temas, como financiamento verde, economia em prol da natureza, transformação para a resiliência climática, recuperação verde da COVID-19 para o Estado de Direito Ambiental, restauração baseada na natureza, inovação agrícola, justiça climática feminista, participação da juventude e empoderamento das comunidades indígenas.

Os eventos paralelos apresentarão discussões com stakeholders que incluem agências da ONU, agências governamentais, ONGs e empresas, bem como universidades, cientistas, grupos de juventude e as comunidades civis em todo o espectro do meio ambiente. Alguns organizadores planejaram lançar relatórios, planos de ação e/ou iniciativas durante Estocolmo+50, conforme listados no final deste conteúdo.

Todos os eventos paralelos serão realizados como eventos presenciais em Estocolmo+50, com alguns sendo transmitidos ao vivo e/ou permitindo a participação híbrida. As últimas atualizações e detalhes dos eventos paralelos podem ser encontradas aqui.

Eventos do Hub de Ação Multi-stakeholder -Uma área do evento irá sediar o Centro de Ação Multilateral sobre Cadeias de Valor Sustentável com o objetivo de apresentar ações transformadoras, soluções e fazer anúncios que impulsionem a sustentabilidade por meio de cadeias de valor chave em um ambiente multi-stakeholder. Alguns eventos serão transmitidos ao vivo e/ou permitirão a participação virtual. Mais detalhes em breve aqui.

Mais informações sobre Estocolmo+50

Para mais informações, entrevistas e detalhes, entre em contato:

Este texto foi originalmente publicado por Nações Unidas Brasil de acordo com a licença Creative Commons CC-BY-NC-ND. Leia o original. Este artigo não necessariamente representa a opinião do Portal eCycle.