Curso de hortas orgânicas #9: proteja sua plantação do frio e do calor excessivos e deixe-a equilibrada

eCycle

Saiba como regar sua horta economizando água e o que fazer para deixá-la mais saudável

Quando se fala em cuidados e manutenção de uma horta, a palavra-chave é equilíbrio. Isso deve ocorrer com relação aos insetos que vivem ali (tanto os benéficos quanto os prejudiciais - os prejudiciais servem de alimento para os benéficos) e também quando se pensa em proteção contra vento, chuva e frio intensos.

A horta é um agroecossistema, um ecossistema modificado pelo homem para cultivar produtos agrícolas. Apesar de ser um cantinho de natureza na sua casa, ela é modificada, pois há o acréscimo de adubos, o controle de pragas e doenças, e são aplicadas práticas para ajudar o desenvolvimento das plantas.

Mas o que as práticas influenciam no agroecossitema?

Dois itens estão relacionados ao agroecossistema: a biodiversidade e o biótopo. A biodiversidade é a variedade de seres vivos ali presentes e, aumentando a biodiversidade, a saúde do agroecossistema é melhorada.

A biodiversidade relaciona-se com o biótopo, que é uma área determinada com condições constantes onde vivem certos conjuntos de seres vivos. O biótopo é feito em uma região da horta que receba a mesma intensidade de sol e água (você deve regá-la) do restante da plantação, porém não se deve mexer nessa área. Ou seja, não se planta nada, apenas observa-se quais comunidades vivem ali, quais ervas daninhas crescem, pois os insetos e as ervas daninhas que existem no biótopo com certeza estarão na horta também. O biótopo deve ser feito em um espaço que esteja sobrando na horta e não existe tamanho ideal - pode ser feito em um canteiro ao lado onde o cultivo de sementes não tenha dado certo, por exemplo. Ele é importante porque funciona como uma base de comparação com o ambiente da horta, e no biótopo é possível verificar quais espécies de insetos estão se desenvolvendo de maneira equilibrada e quais insetos podem virar uma praga.

Manutenção da horta

A manutenção de uma horta envolve diversos quesitos, como escorar certas plantas, regar e proteger as culturas do frio, vento e calor excessivos.

Escorando as plantas

Algumas plantas precisam de um suporte para crescer, como é o caso de tomates, ervilhas e maracujás, e você pode fazer esse suporte de forma simples e fácil, ainda deixando sua horta cheia de charme.

Materiais necessários

  • Varas de bambu de aproximadamente 2 metros;
  • Barbante.

Procedimento

Você terá que fazer buracos ao lado da horta para colocar as varas e unir duas delas formando treliças ao longo da área plantada. Em cima dessas treliças, coloque uma vara comprida unindo todas elas e amarre com barbante. Ao longo do crescimento da sua planta, você terá que amarrar seu caule ao bambu para dar suporte a ela. Você também pode dar sustentação utilizando uma cerca ou grade.

Regando a horta

Existem diversos modos de regar uma horta, aqui vamos ensinar dois jeitos fáceis e baratos que você pode fazer em casa.

Em uma garrafa PET, faça furos ao longo da sua estrutura e na tampa também para encaixar a mangueira. Fixe a mangueira na tampa com uma fita isolante. Então, é só colocar a garrafa em um suporte alto para que o alcance da água seja maior, ou pode-se utilizar no chão mesmo.

Você também pode fazer furos na mangueira e deixá-la no meio do canteiro da horta para fazer a irrigação. Esta técnica é muito indicada em locais muito quentes ou onde há escassez de água.

É possível aproveitar a água da chuva para regar as hortaliças, saiba mais aqui e ajude a economizar água.

Lembre-se de que regar a horta quando o sol está muito forte nunca é conveniente. O ideal é que se faça isso de manhã bem cedo ou à tarde, quando o sol já está baixo.

Protegendo a horta do frio e vento com túneis

Para evitar que o frio e o vento prejudiquem ou retardem o crescimento das hortaliças, pode-se fazer túneis com plásticos em cima da área plantada. Essa técnica funciona bem para plantas mais baixas, evitando a erosão do solo pelo vento e protegendo contra o frio.

Quando as plantas estiverem grandes, pode-se trocar os túneis por túneis maiores ou até mesmo colocar plantas que não perdem folhas (perenes) na parte em que há mais vento, mas esta técnica serve apenas para proteger a horta de vendavais.

Materiais

  • Varas de bambu ou vime;
  • Tijolos
  • Plástico transparente de 2,5 metros de comprimento por 1 metro de largura;
  • Barbante.

Procedimento

As varas de bambu servirão para apoiar o plástico, então definirão a altura do túnel. Se sua horta necessita de muita proteção é aconselhável que a altura seja mais baixa e, à medida que crescerem as hortaliças, pode-se aumentar a altura do túnel.

Faça buracos na terra, coloque as varas de bambu espaçadas em forma de arco, e por cima coloque outra vara unindo os arcos e amarre com barbante. Em seguida, coloque o plástico transparente por cima, enrole as bordas que sobraram e coloque os tijolos em cima para prender o plástico à lateral do túnel.

Para regar a horta, basta retirar o plástico que a cobre e depois colocá-lo no lugar novamente. Porém, fique atento à quantidade de água, pois com o plástico cobrindo as hortaliças, a água evapora, condensa no plástico e volta a cair sobre as plantas.

O ideal é que se deixe a horta aberta enquanto o sol estiver alto e cubra-a quando o sol começar a baixar.

Protegendo a horta do calor

Para proteger a horta do calor é muito comum utilizar sombrites, que são telas de sombreamento muito comuns em plantações e estacionamentos. Essas telas, além de protegerem do sol excessivo do meio-dia, também são boas para amenizar consequências da chuva e do granizo.

Materiais

  • Varas ou pedaços de madeira ou de bambu; 
  • Pregos;
  • Tela.

Procedimento

Faça furos no chão ao redor dos canteiros e coloque as varas/pedaços de madeira, unindo-as na parte superior com outros pedaços de madeira e pregando umas às outras para fazer um suporte como um telhado. Por fim, pregue a tela às varas para fixar.

Cobrir o solo com restos de folhas e caules secos também ajuda a proteger do frio, vento e calor. Se sua horta fica em uma região que sofre muito com frio e vento ou com muito calor, utilize uma camada mais grossa de cobertura, isso irá ajudar a amenizar os efeitos desses agentes.

Veja abaixo o vídeo em que esta matéria se baseou. A produção foi feita pelo BorelliStudio e está em espanhol, mas possui legendas em português.


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail