Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Vídeo capturado no Projeto Chimpanzé de Ozouga mostra chimpanzés se medicando com insetos

Cientistas do Projeto Chimpanzé de Ozouga conseguiram observar uma mãe chimpanzé medicar a ferida de sua cria com um inseto esmagado. Embora a similaridade com os humanos seja surpreendente, esses animais não são os primeiros a se medicarem. 

A descoberta, porém, apresenta um fator a mais no fator social dos animais. Enquanto cachorros comem grama para aliviar sintomas de dor de barriga, esses chimpanzés medicam uns aos outros. 

Em um vídeo divulgado por cientistas do Projeto Chimpanzé de Ozouga, é possível ver uma mãe chimpanzé analisando a ferida de um filhote, recolhendo um inseto próximo e aplicando-o no ferimento. Além disso, cientistas observam que a mãe repete seus movimentos mais duas vezes para, talvez, se certificar de que o ferimento está coberto. 

Chimpanzé medicando ferida com inseto.

A observação desencadeou estudos mais próximos para tentar avaliar se o caso era único ou se esses animais realmente eram capazes de medicarem uns aos outros. E, embora esse seja o único momento em que os cientistas conseguiram observar essa interação entre mãe e filho, eles também notaram que, independente do nível de parentesco, os chimpanzés são capazes de medicar uns aos outros.

Nos 15 meses de pesquisa, o grupo conseguiu reunir informações de 76 casos em  que os mamíferos ou medicavam a si mesmos, ou medicavam outros membros da comunidade.

Embora não se saiba exatamente quais insetos são utilizados pelos chimpanzés, especialistas sugerem que seus usos incluem limpeza da ferida ou medicamento para a dor. 

Muitos insetos apresentam propriedades antibacterianas e antivirais e também são utilizados na medicina atual em diversos medicamentos. 

As informações sobre a automedicação dos animais apontam para o uso de plantas medicinais. Diversos outros animais são conhecidos por se automedicarem mastigando folhas. Em alguns casos, macacas-aranha foram vistas adicionando certas folhas em sua dieta para aumentar ou diminuir sua fertilidade. 

O uso de insetos é relativamente novo e pouco especulado no meio da medicação de animais. Além disso, a descoberta demonstra um certo fator social dos chimpanzés. 

É comum que os seres humanos duvidem das capacidades sociais de animais, porém, o vídeo captura um momento em que os chimpanzés estão cuidando um dos outros. Essa característica empática, embora sempre seja associada aos seres humanos, talvez também tenha lugar no mundo animal.