O que fazer com o vidro de janela?

eCycle

Camadas de produtos químicos dificultam reciclagem

Todo mundo sabe que vidro é um material reciclável. Porém, alguns processos químicos na produção podem tornar a reciclagem bem complicada. É o caso da maior parte dos vidros de janela, que podem ser feitos com vários tipos de vidro, do comum ao laminado - é muito importante que você conheça qual tipo compõe a sua janela, para saber como proceder com ele na hora de trocá-lo. Os mais comuns são o laminado e o temperado.

O vidro temperado tem analogia com o aço temperado. Ambos têm a sua resistência aumentada pelo processo de têmpera, que consiste em aumentar a temperatura de forma lenta e depois resfriar o material rapidamente, por diversas vezes. Esse processo permite uma maior resistência ao choque e à temperatura, e, em contrapartida, proporciona uma menor resistência à tensão de compressão. Isso acontece devido às características da produção desse tipo de vidro, que induz diversas compressões na superfície do material, desgastando-a.

No vidro temperado, a resistência à tensão de compressão é neutralizada por um choque aplicado no vidro em um determinado ponto. Isso ocorre porque quando algum ponto é rompido, toda a chapa se quebra em pequenos fragmentos sem arestas cortantes ou lascas pontiagudas, o que reduz a chance de alguém se ferir quando entra em contato com esses fragmentos.  Desse modo, o vidro temperado pode ser designado como um vidro com características de segurança, muito recomendável para janelas, porém, difícil de ser reciclado por conta de sua alta resistência.

Um outro tipo de vidro muito usado em janelas é o vidro laminado, que é feito basicamente de duas chapas de vidro unidas ao meio por uma resina plástica especial - normalmente polivinil butiral (PVB). No caso de um vidro desse tipo quebrar, os fragmentos ficarão presos na resina, minimizando os riscos de laceração ou ferimentos. Além disso, o vidro laminado é excelente em filtrar radiação UV, bloqueando aproximadamente 99,6% desse tipo de radiação.

Graças à sua resistência ao choque (não quebrando mesmo quando atravessado ou diminuída a incidência térmica), esse tipo de vidro pode ser utilizado em automóveis, fachadas de edifícios etc.

Como é feito?

O vidro temperado usado normalmente em janelas é produzido quando o vidro comum (float) é aquecido e depois resfriado rapidamente. Esse processo o torna cerca de cinco vezes mais resistente à quebra por impacto. Infelizmente, depois de temperado, o vidro não pode ser cortado ou furado, ou seja, ele deve ser transformado antes de passar por um processo de reciclagem.

O vidro laminado, por sua vez, possui um processo de fabricação diferente: duas chapas de vidro são unidas com uma camada de PVB, uma resina plástica resistente que adere aos vidros e evita que eles se estilhacem com um choque físico.

Como reciclar?

Como dito anteriormente, o vidro de janela é reciclável porém é um processo difícil. O primeiro passo para a reciclagem do vidro de janela, também encontrado nos automóveis, nos eletrodomésticos da chamada linha branca, como fogões, micro-ondas e geladeiras, é identificar o tipo de vidro usado na fabricação.

Se você constatar que a sua janela é feita de vidro comum ou temperado sem qualquer revestimento, este produto pode ser encaminhado para a reciclagem. Mas caso o vidro seja do tipo laminado, o melhor é buscar o fabricante ou postos especializados na reciclagem deste tipo de produto, pois ele tem uma camada intermediária feita de outro elemento, geralmente de plástico PVB ou algum outro tipo de resina, o que demanda um trabalho maior e diferente na hora de reciclar.

Quer descartar seu objeto com a consciência tranquila e sem sair de casa?

Veja também:


Agora que você já sabe como descartar, a eCycle te ajuda! Clique aqui para visitar nossa página de Postos de Reciclagem e encontre o melhor destino possível para seu item.
Quer saber sobre outros materiais? Navegue pela seção Recicle Tudo.
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail