Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Material, além de ter propriedades parecidas com as do vidro, leva características de resinas orgânicas e de borracha, o que facilita o trabalho em altas temperaturas

Essa foto aí de cima retrata um material com potencialidades de transformar em um grande avanço tecnológico. É uma descoberta de cientistas franceses. Trata-se de um novo composto orgânico que tem propriedades parecidas com as do vidro e que pode ser utilizado na indústria, informou no dia 17 de novembro o Centro Nacional de Pesquisas Científicas da França (CNRS). O orgão explica que o material é bastante maleável e reciclável e, assim como o vidro, pode ser trabalhado a altas temperaturas. O novo produto poderá ser aplicado nos setores automobilístico, aeronáutico, construção civil, eletrônico e lazer.

Os cientistas explicaram que o material mantém propriedades das resinas orgânicas e da borracha, é insolúvel e resistente, mas possui uma vantagem sobre a borracha, pois as resinas termoestáveis e os plásticos convencionais não podem ser trabalhados por ação do calor após tomarem uma forma, não podem ser modificadas.

“A estrutura desenvolvida é capaz de se reorganizar sem alterar o número de inter-relações entre seus átomos. Ele passa do estado líquido ao sólido e vice-versa, como o vidro”, destaca um comunicado do CNRS.

A entidade destaca que só o silício e alguns compostos inorgânicos tinham mostrado esse tipo de comportamento. “O material é insolúvel quando aquecido, inclusive acima do ponto de transição de temperatura do vidro”.

O instituto comentou que é um desafio encontrar uma estrutura semelhante ao vidro, resistente, reciclável e maleável, o que pode se tornar uma grande vantagem do ponto de vista econômico e ecológico. Grandes produtores de vidro podem fazer lobby para que o material não deixe de ser usado em larga escala. Também é preciso aferir se a resina não traz riscos à saúde.

Fonte: www.ecodesenvolvimento.org.br