Designers ingleses criam lâmpada que funciona com força da gravidade

eCycle

Nova tecnologia deve ajudar países em desenvolvimento

A luz elétrica sempre foi um problema para as regiões pobres e afastadas. As lamparinas de querosene são soluções poluentes e os painéis solares são caros, principalmente para pessoas que vivem em situação extrema. Foi daí que nasceu a inspiração de Martin Riddiford e Jim Reeves, dois designers ingleses. Eles criaram uma solução simples e mais barata para esse problema.

A GravityLight é uma lâmpada de LED movida pela força da gravidade e que não utiliza baterias ou combustíveis. A energia é gerada a partir de um peso, como a sacola em que o equipamento vem, cujos poucos segundos necessários para levantá-lo geram 30 minutos de energia elétrica.

O preço da GravityLight é de US$ 10  e o retorno do investimento acontece em três meses, quando comparado aos gastos de uma lamparina de querosene. Os designers acreditam que o custo pode diminuir em até 50% com as melhorias no design e das técnicas de produção.

Para os interessados, é possível contribuir com o projeto através de iniciativas de crowdfunding. Doações de US$ 25 garantem a entrega de uma lâmpada a um vilarejo africano ou indiano, enquanto US$ 50 dão direito a uma lâmpada também para quem contribuir. Clique aqui e ajude a financiar esta inciativa.

GravityLight: lighting for the developing countries from Therefore on Vimeo.




 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail