Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Abóbora faz bem para os olhos, coração, imunidade, entre outros benefícios

Abóbora ou jerimum são nomes populares que fazem referência às várias espécies de frutos das plantas da família Cucurbitaceae, tal como a melancia, o pepino, o melão e o chuchu. Essa fruta, muito consumida no Brasil na forma de doce de abóbora, creme de abóbora e caldo de abóbora, é muito benéfica para a saúde. Ela faz bem para os olhos, coração, imunidade, entre outros benefícios. Confira:

Propriedades nutricionais

A abóbora é um alimento incrivelmente nutritivo. Embora suas propriedades possam variar de abóbora para abóbora, em geral, elas são ricas em vitaminas e minerais e possuem poucas calorias.

A abóbora geralmente é redonda e laranja, mas seu tamanho, forma e cor podem variar dependendo do tipo. Sua casca externa, de cor verde escura, é grossa, lisa e nervurada, com interior praticamente oco, se não fosse pela presença de sementes. Há dois principais gêneros de abóbora: abobra e curcubita. A abobra é uma espécie nativa da América do Sul e curcubita é um gênero que inclui vários tipos de abóbora, inclusive a abobrinha.

Curcubita maxima é a espécie mais conhecida do gênero curcubita.

Uma xícara de abóbora cozida fornece:

  • Calorias: 49
  • Carboidratos: 12 gramas
  • Fibra: 3 gramas
  • Proteína: 2 gramas
  • Vitamina K: 49% da IDR (Ingestão Diária Recomendada)
  • Vitamina C: 19% da IDR
  • Potássio: 16% da IDR
  • Cobre, manganês e riboflavina: 11% da IDR
  • Vitamina E: 10% da IDR
  • Ferro: 8% da IDR
  • Folato: 6% da IDR
  • Niacina, ácido pantotênico, vitamina B6 e tiamina: 5% da IDR

Ela também é muito rica em beta-caroteno, um poderoso antioxidante que se transforma em vitamina A no organismo.

Principais benefícios para a saúde

A maioria dos benefícios para a saúde de uma abóbora vem do seu conteúdo em micronutrientes e do fato de ser uma fruta cheia de fibras e com pouco carboidrato. Embora não existam muitos estudos específicos sobre a abóbora, sabe-se que ela é rica em vários nutrientes que proporcionam benefícios à saúde.

Imunidade

A abóbora fornece uma grande dose de beta-caroteno, que é parcialmente convertido em vitamina A. A vitamina A, por sua vez, pode ajudar o organismo a combater infecções (confira aqui estudos a respeito: 1, 2 e 3). Pesquisas recentes mostraram que a vitamina A é particularmente importante para fortalecer o revestimento intestinal, tornando-o mais resistente a infecções. Outros micronutrientes da abóbora, como a vitamina C, a vitamina E, o ferro e o folato, também ajudam a aumentar a imunidade.

Saúde ocular

A abóbora é um alimento muito rico em beta-caroteno, vitaminas e minerais que ajudam a retina a absorver a luz e protegem os olhos da degeneração macular relacionada à idade. Um estudo descobriu que pessoas com degeneração macular relacionada à idade podem retardar sua progressão tomando um suplemento contendo zinco, vitamina C, vitamina E, beta-caroteno e cobre.

Abóbora
Imagem de Aaron Burden no Unsplash

Pele saudável

Os antioxidantes encontrados na abóbora (beta-caroteno e vitaminas C e E) são excelentes para a saúde da pele. O betacaroteno, em particular, ajuda a proteger a pele dos raios UV prejudiciais do sol (confira aqui estudos a respeito: 1, 2).

Interações medicamentosas

A abóbora é levemente diurética e pode ser um problema para pessoas que tomam certos medicamentos, especialmente o lítio. Se você tiver ingerido muita abóbora, pode ser difícil para o organismo limpar o lítio, o que pode levar a efeitos colaterais.

Saúde do coração

Consumir frutas e legumes, em geral, faz bem para o coração. Mas a abóbora, em específico, possui fibras, vitamina C e potássio, que são benéficos para a saúde cardíaca, ajudando a melhorar a pressão sanguínea e os níveis de colesterol.

Síndrome metabólica

Ingerir alimentos ricos em beta-caroteno, como a cenoura e a abóbora, pode ajudar a diminuir o risco de síndrome metabólica (confira aqui estudo a respeito: 3). A síndrome metabólica é um conjunto de sintomas associados à gordura abdominal. Ela é caracterizada pela pressão alta, aumento nos níveis de açúcar no sangue e de triglicerídeos – fatores que aumentam o risco de doenças cardíacas e diabetes.