Como limpar lente de contato

eCycle

Lentes de contato exigem cuidado e limpeza cuidadosa. Uso incorreto pode causar doenças e infecções

Quem usa lentes de contato provavelmente já passou pela difícil situação de ver uma das lentes cair no chão, seja por conta de pressa, sono ou até por que você não estava enxergando direito. Mas, quando isso acontece, você sabe qual a melhor escolha a se fazer? O que você escolheria:

  1. Enxaguar a lente na torneira antes de colocá-la no olho;
  2. Cuspir na lente para limpá-la com a saliva antes de usar;
  3. Usar a solução de limpeza indicada pela sua oftalmo para a higienização;
  4. Substituir a lente por uma nova;
  5. Fazer qualquer uma das opções acima. Realmente não importa.

Para começar, não faça o que o campeão de boxe e rugby Anthony Mundine fez em 2007 e tente (2) cuspir na sua lente. Ele acabou no hospital com uma infecção ocular grave. Se você escolheu 3), é verdade que esfregar as lentes com a solução de limpeza por 20 segundos removerá alguns micróbios. Mas você precisaria mergulhar as lentes na solução por no mínimo quatro a seis horas para desinfetá-las com eficácia.

A melhor resposta é a (4): substituir por uma nova lente. Se você tiver optado pela opção (1), corre o risco de sua lente e olho serem infectados por um micro-organismo encontrado na água da torneira e que pode te levar a perder a visão.

Cuidado com infecções oculares

Não é só de conjuntivite que vivem as infecções oculares. Se a lente de contato se misturar com água, você pode pegar uma infecção rara, bem mais grave que a conjuntivite, chamada ceratite por acanthamoeba.

Dos 680.000 usuários de lentes de contato na Austrália, estima-se que de 10 a 20 por ano são afetados por essa doença. Destas, cerca de duas a quatro pessoas por ano precisarão de um transplante na frente do olho para recuperar a visão; cerca de duas a cinco pessoas precisarão de tratamento por mais de um ano.

A condição afeta principalmente pessoas que usam lentes de contato gelatinosas, o principal tipo usado na Austrália - e também no Brasil, já que é o mais comum e mais acessível atualmente.

Segundo estudos, cerca de um terço das pias de banheiro na grande Sydney contém acanthamoeba. É possível presumir que o micro-organismo esteja presente em outras pias ao redor do mundo.

Acanthamoeba são protozoários de vida livre (micro-organismos unicelulares) que se alimentam de bactérias e células na parte frontal do olho, a córnea. Isso leva à inflamação, desorganização e destruição da córnea, bloqueando a visão.

A grande maioria das ceratites por acanthamoeba ocorre em usuários de lentes de contato. Mas você pode minimizar sua chance de ter contato com o protozoário. Evite expor suas lentes à água, incluindo colocá-las sob a torneira, no chuveiro ou durante a natação. É inclusive por isso que muitos pacotes de lentes de contato trazem adesivos de aviso para que se evite o contato com a água.

Outro estudo mostra que esse adesivo de aviso específico pode alterar o comportamento. Usuários de lentes de contato que veem este adesivo são mais propensos a evitar água. Seus estojos de armazenamento de lentes de contato também eram menos propensos a estarem contaminados com bactérias, o que significa menos chance de infecção bacteriana e menos alimento para acanthamoeba.

Outras infecções

Embora as infecções por acanthamoeba sejam raras, as infecções oculares bacterianas são muito mais comuns. Estimando-se que afetem cerca de quatro em cada 10.000 usuários de lentes de contato por ano. Cerca de 13% das pessoas cujos olhos ou lentes de contato estão infectados com bactérias perdem uma parte significativa da visão.

Na maioria das pessoas, porém, as infecções melhoram em duas a quatro semanas com o uso de gotas de antibióticos. No entanto, as infecções bacterianas podem ser graves e de ação rápida. A principal bactéria responsável pelas infecções relacionadas às lentes de contato é a pseudomonas, outro micro-organismo que adora água. Às vezes, ela pode penetrar na superfície do olho em horas.

Não há evidências que sugiram que o uso de lentes de contato aumenta o risco de infecção pelo vírus que causa Covid-19.

Limpar a lente de contato é a melhor prevenção

Estas dicas baseadas em evidências para o uso saudável de lentes de contato irão ajudá-lo a evitar infecções:

  • Lave e seque as mãos antes de manusear as lentes ou tocar nos olhos;
  • Esfregue, enxágue e armazene a lente de contato em uma solução desinfetante nova. Completar a solução antiga com a nova aumenta o risco de infecção;
  • Limpe sua caixa de armazenamento com a solução desinfetante e deixe secar ao ar livre de cabeça para baixo entre os usos;
  • Não use água para lavar as lentes ou estojos;
  • Evite usar suas lentes durante a noite.

Como posso saber se tenho um problema?

Se seus olhos arderem, estiverem vermelhos e lacrimejantes, embaçados ou se sentirem desconfortáveis ​​ao usar as lentes, remova-as. Se os sintomas piorarem, visite um/a oftalmologista que possua equipamentos com ampliação suficiente para diagnosticar infecções oculares potencialmente graves.

A bactéria Pseudomonas é resistente a alguns tipos de antibiótico, como o cloranfenicol. Mas um/a oftalmologista pode tratar infecções oculares prescrevendo colírios ou outros remédios necessários.

Lentes de contato são adequadas para você?

Milhões de pessoas optam por usar lentes de contato. No entanto, eles não são para todos.

Existem alguns motivos pelos quais uma pessoa pode não conseguir usá-las ou pelos quais deveria evitá-las, como nos casos de pessoas que têm muitas infecções oculares, alergias graves ou olhos secos que são difíceis de tratar.

O mesmo acontece com quem trabalha ou mora onde há muito pó ou quem não consegue cuidar adequadamente de suas lentes de contato. A córnea e o filme lacrimal devem ser saudáveis para que você se sinta confortável e veja claramente com a lente de contato.

Para usar lentes de contato com segurança, você deve se comprometer a cuidar delas de maneira adequada e substituí-las quando necessário. Converse com seu oftalmologista ou outro profissional de saúde ocular para discutir suas necessidades e expectativas de visão. Eles podem ajudá-lo a decidir se as lentes são realmente uma boa opção para você.



Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×