Andropausa: a menopausa masculina

eCycle

Andropausa apresenta uma série de sintomas, mas vergonha em procurar ajuda dificulta tratamento

sintoma da andropausa
Imagem editada e redimensionada de Sholto Ramsay, está disponível no Unsplash

A andropausa, também conhecida como menopausa masculina, é caracterizada por uma série de mudanças nos níveis hormonais do homem relacionadas à idade. O mesmo grupo de sintomas também é conhecido como deficiência de testosterona, deficiência de andrógeno e hipogonadismo de início tardio.

A andropausa envolve uma queda na produção de testosterona em homens com 50 anos ou mais, sendo, muitas vezes relacionada ao hipogonadismo, ambas condições envolvem baixos níveis de testosterona e sintomas semelhantes.

Os testículos produzem um hormônio chamado testosterona, que é responsável por influenciar as mudanças durante a puberdade, a energia mental e física, a massa muscular, a resposta de luta ou fuga e outras características evolutivas fundamentais. Na andropausa essa produção de testosterona pode apresentar mudanças.

Sintomas da andropausa

Alguns sintomas negativos da andropausa normalmente incluem:
  • baixa diposição física;
  • depressão ou tristeza;
  • motivação diminuída;
  • baixa auto-confiança;
  • dificuldade de concentração;
  • insônia ou dificuldade em dormir;
  • aumento da gordura corporal;
  • massa muscular reduzida e sentimentos de fraqueza física;
  • ginecomastia ou desenvolvimento de mamas;
  • diminuição da densidade óssea;
  • disfunção erétil;
  • libido reduzida;
  • infertilidade.

O homem também pode experimentar seios inchados ou sensíveis, diminuição do tamanho dos testículos, perda de pelos no corpo ou ondas de calor. Baixos níveis de testosterona relacionados à andropausa também foram associados à osteoporose, uma condição em que os ossos se tornam fracos e quebradiços. Estes são sintomas raros. Eles afetam homens na mesma idade que as mulheres que entram na menopausa - por volta dos 40 e 55 anos de idade.

Mudanças na testosterona ao longo dos anos

Antes de atingir a puberdade, os níveis de testosterona são baixos. Eles aumentam à medida que o homem amadurece sexualmente. A testosterona é o hormônio que alimenta mudanças típicas da puberdade masculina, tais como:

  • crescimento da massa muscular;
  • crescimento do pelos no corpo;
  • voz mais grave;
  • mudanças no funcionamento sexual.

À medida que o homem envelhece, os níveis de testosterona começam a cair. Segundo a Clínica Mayo, os níveis de testosterona tendem a declinar em média 1% ao ano depois que os homens completam 30 anos. Mas algumas condições de saúde podem causar declínios mais ou menos drásticos.

Diagnóstico e tratamento da andropausa

O médico ou a médica pode tirar uma amostra de sangue para testar os níveis de testosterona. A menos que a andropausa esteja causando dificuldades severas ou atrapalhando sua vida, você provavelmente administrará seus sintomas sem a necessidade de tratamento.

Normalmente, o maior obstáculo do tratamento da andropausa é o machismo, que faz com que, por vergonha de falar sobre os sintomas, o homem não procure ajuda.

O tipo mais comum de tratamento para a andropausa é fazer escolhas de estilo de vida mais saudáveis, como:
  • possuir uma dieta saudável;
  • fazer exercícios físicos regularmente;
  • dormir o suficiente;
  • reduzir o estresse.

Esses hábitos de vida podem beneficiar todos os homens. Depois de adotá-los, os homens que apresentam sintomas de andropausa podem perceber uma mudança significativa na saúde geral.

Se você estiver com depressão, seu médico pode prescrever antidepressivos, terapia e mudanças no estilo de vida.

Terapia de reposição hormonal é outra opção de tratamento. No entanto, é muito controverso. Como os esteroides que melhoram o desempenho, a testosterona sintética pode ter efeitos colaterais prejudiciais. Se você tem câncer de próstata, por exemplo, isso pode fazer com que as células cancerosas cresçam. Se o seu médico sugerir terapia de reposição hormonal, pese todos os pontos positivos e negativos antes de tomar sua decisão.

Mas, de todo modo, é importante levar em conta que é normal sentir um declínio nos níveis de testosterona à medida que você envelhece. Para muitos homens, os sintomas da andropausa são controláveis, mesmo sem tratamento. Entretanto, se os seus sintomas prejudicam sua rotina, procure ajuda médica.


Adaptado de Healthline

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail