Onde descartar lâmpadas fluorescentes?

Antes de saber, conheça um pouco sobre a lâmpada e os perigos do descarte incorreto

Apesar da praticidade, durabilidade e economia da lâmpada fluorescente, no interior dela existe um componente químico muito perigoso à saúde: o mercúrio, um metal pesado e tóxico. Devido a ele, o descarte se torna muito complicado.

Os riscos do mercúrio

O mercúrio ainda tem a companhia do chumbo na composição das lâmpadas. Segundo a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), o valor máximo de mercúrio que pode estar concentrado em uma unidade é de 100 miligramas de mercúrio por quilo do resíduo. O contato com a substância em níveis mais altos pode gerar sérios problemas à saúde.

O maior problema acontece quando a substância é inalada, ainda mais se a quantia de mercúrio elementar for grande, o que pode causar problemas neurológicos e até hidragirismo (intoxicação que causa tosse, dispnéia, dores no peito e outros problemas mais graves).

Na questão ambiental, quando o mercúrio é despejado de maneira irregular em rios, por exemplo, ele volatiza e passa para a atmosfera, causando prováveis chuvas contaminadas. Pode acontecer também de microorganismos absorverem o mercúrio, tornando-o orgânico em vez de metálico. Animais aquáticos e plantas podem reter o mercúrio e assim contaminar o meio ambiente sem que exista chance de erradicação.

O mercúrio é liberado ao longo de duas semanas após seu descarte. Apenas nos EUA, são liberadas na natureza entre duas e quatro toneladas de mercúrio anualmente.

E se quebrou?

Fique atento! Antes de limpar a área, a primeira coisa a se fazer é retirar do local as crianças e os animais, além de não deixar que ninguém toque o material.

Ventilar o ambiente também é importante. Por isso, janelas e portas devem ser abertas o mais rápido possível. Para retirar os cacos, use luvas e os coloque em um saco plástico que possa ser lacrado para limpar os pequenos pedaços em pó. Use fitas adesivas e papel toalha umedecido para limpar os últimos resíduos que podem passar despercebidos.

Se a lâmpada fluorescente quebrou em cima de roupas de cama ou qualquer outro tipo de material que tenha contato direto com o corpo, esta peça não pode mais ser reutilizada, mesmo após lavagem! Ela tem que ser descartada, pois o contato com mercúrio já a inutilizou. No caso de se cortar com os cacos de vidro, procure assistência médica o mais rápido possível.

Descarte especializado

Processos realizados em locais especializados são responsáveis por retirar o mercúrio das lâmpadas fluorescentes, assim elimina-se a possibilidade de contaminações ambienteis e intoxicações. Até por isso, o descarte deve ser bem feito, procurando quais os lugares certos, isolando o material em caso de quebra e avisando sobre o conteúdo entregue.

Não deixe que este material seja levado para aterros comuns! Muitas embalagens deste tipo de lâmpada avisam se o produto é reciclável. Para achar locais que aceitam lâmpadas fluorescentes, acesse a seção de busca de Postos de Reciclagem da eCycle, selecione Lâmpadas e encontre o local mais próximo de você.

Veja também:
-Adeus, incandescente!
-LED: a lâmpada reciclável
-Soquete de fluorescente vira lâmpada LED
-Fluorescentes: dos benefícios aos perigos


Agora que você já sabe como descartar, a eCycle te ajuda! Clique aqui para visitar nossa página de Postos de Reciclagem e encontre o melhor destino possível para seu item.
Quer saber sobre outros materiais? Navegue pela seção Recicle Tudo.
 

Comentários  

 
+15 #1 2013-01-18 20:18
Apesar de se falar muito em proteção ao ( meio ambiente ), não existem postos de coleta para vários materiais que possuem elementos químicos que agridem a natureza e o ser humano, propriamente dito, tais como: lâmpadas fluorescentes, cartucho de impressora, pilhas e etc. Eu como cidadão comum estou procurando não colocar no lixo esses produtos, acumulando-os em minha residência na esperança de que " órgãos competentes, tomem as providências que lhes competem ". Até quando?????????
Citar
 
 
+1 #2 2013-05-07 02:32
Pois é. Já sabemos o que não deve ser feito com as Lâm padas fluorescentes. Os locais que vendem as lâmpadas de veriam ficar responsáveis para receber o descarte. Aqui em Bh será que devemos fazer.
Citar
 
 
-1 #3 2013-05-09 15:25
No RS, mesmo que a Lei 11.187/97, responsabilize fabricantes, distribuidores... para o descarte e destinação final de pilhas que contenham mercúrio metálico, lâmpadas fluorescentes, baterias de telefone celular e demais artefatos que contenham metais... poucos o fazem, talvez pelo desconhecimento da legislação...
Citar
 
 
+2 #4 2013-07-25 18:02
Estou fazendo um levantamento sobre comercialização e destinação de lâmpadas no município de Ituiutaba, MG e o diagnóstico é uma generalizada falta de informação dos atores envolvidos na pesquisa, tanto do setor público como privado. Não existe políticas públicas para contemplar a PNRS 2010 e o passivo ambiental no município cresce por falta ação, regulamentação e fiscalização para cumprimento da legislação federal. Vou defender tcc em agosto, será um artigo que vai ser publicado. Espero contribuir para solução do grave problema em nosso município e gostaria de ajudar na elaboração do Plano Municipal Integrado de Resíduos Sólidos com enfoque no tema do meu trabalho, ou seja, lâmpadas fluorescentes... mas é uma questão política.
Citar
 
 
-2 #5 2013-10-02 23:31
e muito importante saber que os fornecedores de lampadas tem obrigacao de recolher as lampadas e dar o destino correto para elas
Citar
 
 
-2 #6 2013-10-06 15:02
A Política Nacional de Resíduos Sólidos, Lei 12.305 / 2010, está em processo de implementação no Brasil. Os postos de gasolina estão organizados, os fabricantes de pneus mais ou menos. Enquanto outros setores não disponibilizam locais de coleta : O correto é devolver no local onde compramos, deixar no balcão e ir embora. Os fabricantes e comerciantes faturam com a venda, e tem sua principal responsabilidad e na logística reversa. Destaco a possibilidade de novos negócios, como usinas de reciclagem desse "lixo complicado" e a formação de cooperativas, pois em breve esse problema será uma oportunidade . Mas, quem vai pagar a conta deverá ser o consumidor, infelizmente. O governo tem que isentar a carga de impostos de cooperativas e empresas que reciclam !
Citar
 
 
+1 #7 2013-12-08 13:08
Bom dia.

Sou totalmente a favor de reciclagem, de descartar objetos nos lugares adequados, enfim, cada coisa deveria ter seu lugar certo para não jogarmos no lixo comum, mas... quando na nossa cidade, na nossa sociedade, os nossos governantes não pensam dessa forma e nada fazem para termos lugares certos para descartarmos, o que fazer? todos os dias vemos pilhas, baterias, lampadas, medicamentos, peças de computadores... tudo no lixo no meio da rua... o que fazer nesse caso? devemos procurar quem e aonde? nessa sociedade louca em que vivemos fica meio complicado para tentarmos proteger nosso meio ambiente, por que os governantes do nosso estado (RN) nada fazem para que isso seja feito.

Obrigada por dedicarem alguns minutos para o meu desabafo.
Citar
 
 
0 #8 Fabiano Luca 2014-02-24 15:30
Aqui no Rio de janeiro, as lojas da rede Leroy Merlin recebem as lâmpadas fluorescentes de uso domiciliar. As pilhas e baterias, e até os medicamentos vencidos podem ser levadas às farmácias da Rede São Paulo. Os cartuchos de tintas das impressoras HP podem ser descartados nas lojas Kalunga. Espero ter ajudado com essas informações, pois se for esperar pelo nosso governo....
Citar
 
 
-2 #9 luiz santos 2014-06-15 19:39
faço a seguinte comentário na classificação do resíduos sólidos:
se nos esperarmos os políticos estamos perdidos.
aconselho que, se você pode fazer alguma coisa, faça, pelo menos tentamos resolver de algum jeito um pequeno problema.
agora se neste comentário que faço for aceito por exemplo por um milhão de pessoas o resultado sera um milhão de problema resolvido, pois do jeito que esta indo a situação é incurável nosso meio ambiente.
Citar
 
 
-2 #10 Fernando Barreto 2014-06-20 22:35
Pessoal, boa noite!

Gostaria de saber se tem algum parceiro de vocês em Aracaju (SE) para que possamos descartar pilhas e lâmpadas.
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Onde descartar os meus resíduos?

Encontre os postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização Não sei meu cep?