Faça você mesmo: dois tipos artesanais de porta-joias

A ostentação não pode parar. Menos ainda quando você pode ostentar algo feito por você mesmo!


Imagem: Gallery Hip

Você provavelmente tem algum conhecido que adora braceletes, pulseirinhas da paz, usa colares diferentes todos os dias ou correntinhas do fluxo. Sua namorada pode adorar brincos ou o seu namorado acha o estilo do Thiaguinho maneiro. Enfim, seja lá qual for o caso de aficionado por joias, eles sempre querem mais e querem lugar para guardar. É chique a ideia de uma caixinha de jóias, como aquelas de livros do sir Arthur Conan Doyle, que desaparecem misteriosamente, mas convenhamos que não é lá muito prático.

Mostraremos dois modos perfeitos sobre como fazer um porta-joias para eles e para você que quer economizar no presente e ainda dar algo com muito mais valor do que material. Sua vó iria adorar uma coisa dessas. Quando foi a última vez que você deu um presente para a sua avó? Reflita!

Os materiais para os dois tipos de porta-joias que mostraremos a seguir podem ser encontrados facilmente nas lojas de R$ 1,99 perto de você (não existem lojas de R$ 1,99 onde você mora? Que lugar mais triste, cinza e sem vida).

1. Uma pratada preciosa

Para quem tem muitos brincos, anéis e braceletes ou pulseiras, um dos mais simples porta-joias que existe é esse suporte feito com um prato, que você pode estilizar do jeito que quiser ou procurar um bem diferente em lojas antigas ou bazares por precinhos bem camaradas, e uma estatueta. É só inventar coisas temáticas para seja lá quem você for dar o presente. Um boneco do Star Wars para a amiga nerd ou uma estatueta de santo ou anjo para… Bem, só imagino isso para sua avó mesmo. O importante é ser criativo. Escolhido qual prato e o ornamento, é só colá-lo no centro do prato usando cola de artesão e voilá. Mais simples impossível.


2. O quadro mais valioso

Esse faça você mesmo é bem legal: para fazê-lo, primeiro encontre uma moldura e coloque dentro dela uma fina placa de cortiça (não sabe o que é cortiça? Já viu o quadro de avisos da firma ou do escritório, onde fica aquele "papelão" marrom, todo espetado com avisos da confraternização dos colaboradores de fim de ano? Pois então, é aquele "papelão" que não é papelão. Entendeu? Claro que entendeu!). Para dar um ar de luxo ao presente, cubra a cortiça com algum tecido a gosto e use alfinetes para pendurar os colares e brincos (confira imagem no início da matéria). Pronto, agora você também pode vender a sua arte na praia!

Fonte: Grist.org


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail