Vela Bikes desenvolve bicicletas elétricas no Brasil

Para quem achava que inovação em mobilidade urbana nas magrelas só acontecia na gringa, toma aí!

O engenheiro Victor Hugo Cruz largou o terno e a gravata para desenvolver sua bicicleta elétrica. Surgiu então a Vela, que foi produzida com um design retrô, aliando o centenário mecanismo das bicicletas com componentes de alta tecnologia. O resultado, depois de dois anos de pesquisa e projeto, é uma solução econômica, sustentável e prática para os problemas de ineficiência do transporte urbano atual. 

Características técnicas

A Vela pesa apenas 19 kg, cinco a menos que modelos comuns no mercado. O acabamento é cromado com quadro em aço inox e selim (banco) de couro, com molas de absorção de impacto. A simplicidade dos mecanismos foi estudada para evitar a necessidade de manutenção.

A bateria removível localizada no quadro permite uma fácil recarga - em menos de duas horas e meia - e proporciona à bicicleta uma autonomia de 25 km a 35 km. Para ligar a Vela, basta pressionar um botão e o motor entra como auxílio ao começar a pedalar, facilitando a locomoção (principalmente em subidas). Outros recursos que a bicicleta disponibiliza para seus usuários são uma entrada USB para recarga de celulares e tablets além de um sistema de alarme com senha sequencial e rastreador de GPS interno.

Legal, não? O projeto começou pela plataforma Catarse afim de arrecadar parte dos fundos para a montagem da oficina e produção das bicicletas. As primeiras unidades entram no mercado em março de 2015 no valor de R$ 3.900, porém, ainda é possível garantir a sua com desconto no site da Vela.

Expansão dos modelos elétricos

Com o grande número de poluentes lançados na atmosfera por veículos automotores, além do problema de mobilidade urbana nas grandes cidades, é cada vez mais comum a busca por meios alternativos de locomoção. Entre esses meios, destaca-se a bicicleta, largamente adotada em grandes centros urbanos - sem contar que é o veículo mais utilizado em todo o mundo.

Com essa popularidade das magrelas, novas tecnologias foram desenvolvidas pelo globo a fim de tornar seu uso mais popular e chamativo, surgindo as bicicletas elétricas e a perfeita união das pedaladas com um motor e bateria elétrica, facilitando a locomoção.

Hoje, o mercado da bicicleta elétrica se encontra em expansão. Em 2009, foi estimado um número de 200 mil bicicletas elétricas espalhadas pelos Estados Unidos. Na Alemanha sua produção ultrapassa a marca de 400 mil unidades. O mercado brasileiro ainda está em desenvolvimento, sendo importados a grande maioria dos modelos presentes no país.

Veja também:
-Qual a relação entre o tipo de transporte utilizado e o nível de satisfação?
-Na França, quem usar a bike como meio de transporte vai ganhar dinheiro
-Transporte urbano tem ligação direta com problemas de saúde mortais
-A incrível bicicleta elétrica do futuro: nCycle
-Marca lança roupas para bikers usarem no dia a dia


 

Comentários  

 
0 #1 2014-11-25 12:55
Muito interessante, mas poderiam ter pensado em outro material no lugar do couro.
Usar couro não combina com a ideia de sustentabilidad e.
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail