China emite primeiro alerta vermelho devido à poluição atmosférica

Imagem mostra a nuvem de material particulado que pode prejudicar gravemente a saúde das pessoas (foto da direita é do dia 08 de dezembro)

Imagem: Agência Xinhua

Pequim (Beijing) está em alerta vermelho desde o dia 7 de dezembro devido à poluição atmosférica. A agência estatal de notícias Xinhua informa que é a primeira vez que a capital da China entra no mais grave nível de alerta (em uma escala de quatro existentes) por causa da poluição atmosférica.

Os níveis de poluição, por incrível que pareça, estão abaixo dos registrados na primeira semana de dezembro, quando o governo foi criticado por não anunciar o alerta vermelho. As autoridades estimam que haja ao menos três dias com uma altíssima concentração de poluentes na atmosfera - cerca de 40 vezes acima do nível de segurança previamente estabelecido.

Com o alerta vermelho, a cidade restringe a circulação de automóveis e mantém escolas fechadas. Fábricas consideradas altamente poluentes também têm funcionamento cancelado, assim como construções em áreas abertas. Há rodízio de carros e 30% dos veículos oficiais não saem das garagens.

Com a chegada de uma frente fria, no dia 10 de dezembro, a poluição deve se dispersar. A capital chinesa tem cerca de 23 milhões de habitantes.

A poluição pode trazer diversos malefícios à saúde. Confira mais aqui.

Fontes: Xinhua e agências internacionais

Veja também:
-Quais são os tipos de poluição existentes?
-Imagens mostram nível alarmante de poluição na China
-Na China, poluição mata 1,6 milhão de pessoas por ano, segundo estudo


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail