Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

tábua de bambu tem várias vantagens em relação a outras tábuas de corte e de frios, começando pelo fato de que é bactericida e ecológica. Mas os benefícios não param por aí. As tábuas de bambu oferecem muita durabilidade, ao mesmo tempo que são leves e resistentes.

Na verdade, utilizar tábuas de corte de bambu também evita a proliferação de microrganismos e bactérias prejudiciais, porque elas são projetadas de tal forma que os organismos não conseguem prosperar em sua superfície.

Nos últimos anos, houve um ressurgimento da popularidade das tábuas de corte de bambu. O motivo é que o bambu é considerado a melhor alternativa ao vidroplástico madeira convencional, em razão de seus benefícios ambientais. Confira por quê.

Os problemas das tábuas de madeira, plástico e vidro

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu estabelecimentos comerciais de utilizarem equipamentos de madeira (tábua e cortar e colheres de pau) sob a alegação de que seriam mais propensos à proliferação de diferentes tipos de bactérias.

Essas bactérias se acumulariam nas ranhuras da madeira no momento do corte mesmo após a lavagem da tábua e, na hora do novo uso, poderiam infectar outros alimentos.

No entanto, a medida é controversa. Isso porque o material substituto da madeira, que é o plástico, também apresenta deficiências que dão margem à contaminação. O uso sucessivo da tábua de polipropileno também provoca rachaduras que acumulam micro-organismos.

Um estudo realizado em restaurantes de uma instituição de ensino superior de São Carlos-SP, em 2010, detectou que a grande maioria das tábuas analisadas (todas plásticas) tiveram resultados de higiene insatisfatórios. Os autores recomendaram a troca periódica da tábua, além da higienização.

Uma pesquisa publicada no British Journal of Food, em 2007, comparou o desempenho de três tipos de tábua de cortar (duas de madeira e uma de plástico) em se tratando de resistência a micro-organismos. Em geral, a tábua de madeira teve o mesmo resultado da de plástico.

Um dos modelos que não apresenta ranhuras passíveis de acumulação por bactérias é a tábua de vidro. Porém, o vidro temperado não é reciclável. Qualquer dano com à tábua inutilizaria o material e não haveria como recuperá-lo.

O plástico, além da possível contaminação por bactérias, teria problemas oriundos do próprio tipo de material. Com o uso, pequenos pedaços de plástico, também chamados de microplásticos, vão se soltando da superfície da tábua e contaminando os alimentos que estão sendo cortados.

Plásticos duros podem conter bisfenol e outros poluentes orgânicos persistentes (POPs), potenciais causadores de problemas de saúde, hormonais e reprodutivos, obesidade e até câncer.

Por que optar pela tábua de bambu

1. Material renovável e ecológico

Este é, provavelmente, o melhor aspecto desse material! A sustentabilidade é uma urgência do nosso tempo, e o bambu atende às necessidades do consumidor consciente. Ao contrário da madeira normal, que pode levar até 50 anos para crescer, o bambu cresce em pouquíssimo tempo e pode ser colhido entre três e seis anos após o plantio. Isso torna o material muito bom para o meio ambiente e renovável.

Como uma escolha ecológica, uma vez que o bambu é colhido, ele volta a crescer sem replantar, gerando novos brotos de bambu. Por isso, as tábuas de bambu estão ganhando muita popularidade como uma alternativa às tábuas de corte tradicionais.

2. Durável

As tábuas de corte de bambu são leves de carregar, mas difíceis de quebrar. O bambu é mais resistente a arranhões e cortes do que as tábuas de madeira, além de mais durável. As tábuas de corte de bambu são duras para permitir um corte suave e fácil, mas, ao mesmo tempo, são macias e não danificam suas facas.

3. Resistente à água

Ao contrário da madeira, as tábuas de bambu não absorvem água facilmente. Por causa disso, a placa tem menos probabilidade de rachar ou deformar devido à separação por umidade.

4. Saudável e resistente a bactérias

Com o bambu, você não precisa se preocupar com as bactérias, porque o material tem uma capacidade natural de resistir às bactérias. Isso o torna mais saudável do que as placas de plástico, que pode ser facilmente danificado, dando espaço para o crescimento de microrganismos nocivos, o que afetará a comida.

Além disso, as tábuas de bambu são resistentes a cicatrizes e não são porosas, o que as torna seguras e fáceis de limpar ao preparar sua refeição.

5. Fácil de manter

As tábuas de bambu resistem à retenção de umidade e não absorvem manchas ou odores de seus alimentos, ao contrário da maioria das tábuas de corte. Uma simples lavagem e higienização mensal com vinagre ajudará a preservar a beleza da sua tábua por vários anos.

Como cuidar da sua tábua de bambu

Conforme o tempo passa, você pode notar que manchas vegetais estão se fixando em sua tábua de corte, o que pode arruinar sua beleza. Eliminar essas manchas é fácil. Tudo o que você precisa fazer é esfregar a superfície da placa de corte com uma esponja ou esfregar uma pequena pasta de bicarbonato de sódio e água na placa de corte, depois enxaguar e secar.

Desinfete após o uso

Para aqueles que cortam carne com sua placa de bambu, é muito importante desinfetar sua placa após cada uso. Para fazer isso, dissolva um vinagre em cinco partes de água e use uma esponja para esfregar a tábua de corte.

Em seguida, enxague e seque. Para evitar a contaminação cruzada de seus vegetais, especialmente para aqueles que gostam de levá-los crus, é uma boa ideia ter uma tábua de cortar de bambu exclusiva para cortar carne.

Higienize mensalmente

Misture ¼ de xícara de água oxigenada 3% com ¼ de xícara de vinagre branco. Se quiser, adicione quatro gotas de óleo essencial de orégano e quatro gotas de extrato de grapefruit (conhecido por aqui como toranja), que podem ser encontrados em mercados naturais.

Despeje uma colher de sopa de bicarbonato de sódio sobre a superfície da tábua e, com uma bucha vegetal, esfregue a solução. Enxague com água e deixe a tábua em lugar bem seco.

Caso não tenha esses materiais em casa, basta lavar a tábua com água bem quente e sabão, esfregando bem e certificando-se de que ela se seque totalmente após o procedimento.