Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Empresa de impacto social doa um de seus moletons para moradores de rua a cada item comprado em seu site

Imagem: Unhoused/Divulgação

O moletom é uma das melhores peça de roupa quando se trata de um estilo de vida despreocupado. É o tipo de roupa que você pode usar em casa por mais de uma semana sem grandes preocupações de higiene, ainda que às vezes suas mãos sujas acabem sendo limpas nele. Além do mais, é uma peça muito confortável e que protege do frio, o que também pode ser de grande utilidade para as pessoas sem-teto. A startup britânica de impacto social Unhoused aposta nessa união para que suas roupas possam servir a dois públicos tão distintos.

A empresa lançou o primeiro casaco com autolimpeza do mundo. O modelo é confortável, robusto e peludo por dentro, como todos os moletons já feitos. Por outro lado, essa versão repaginada é quase impossível de sujar. Feito de um tecido revestido com o nanomaterial Freshtech ™, o moletom repele suor, manchas, sujeira e a maioria dos líquidos e sólidos finos.

Em resumo, esteja você em casa derramando vinho sobre si mesmo enquanto assiste sua série favorita durante essa quarentena ou se é um sem-teto que só tem uma roupa quente, esse moletom que se limpa sozinho permanece sempre com aparência de novo. O modelo também repele o odor corporal, de modo que raramente precisa ser lavado.

O moletom também conta com um apelo social. Desenvolvido por Varun Bhanot e Anisha Seth, o casaco espera proporcionar aos desabrigados roupas seguras e quentes. “No ano passado, tivemos um recorde de 726 pessoas sem-teto que morreram no Reino Unido, principalmente por conta da dificuldade de dormir nas noites frias”, disseram os fundadores da Unhoused. Por isso, para cada moletom comprado no site da empresa, um moletom de graça é doado a um sem-teto. Esse é um dos motivos pelos quais o modelo vem com a palavra Hope (esperança) impressa, como um símbolo de solidariedade com os menos favorecidos.



Veja também: