Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Matcha é um tipo de chá derivado das folhas do chá verde que surgiu como substituto do café

Beber matcha ou café? Essa é uma indecisão que tem tomado a cabeça das pessoas nos últimos tempos. A bebida matcha ganhou a atenção do consumidor devido aos seus benefícios, que se assemelham aos do café. Logo, ela se tornou uma opção viável para quem está tentando parar com o café ou só quer variar um pouco nas bebidas. 

Se você recebeu uma ordem médica de parar com o café, o matcha pode ser uma boa opção de substituto. Afinal, o chá de matcha oferece o mesmo aumento de energia que o café, porém de uma maneira diferente. Ele distribui essa energia em um período de tempo maior.

O que é matcha

O matcha, um ingrediente derivado das folhas de chá verde, surgiu no século 12, no Japão. Ele era um dos ingredientes essenciais para cerimônias de chá no Japão. Para produzir o matcha essas folhas são reduzidas em um pó bem fino, e então, são misturadas com água quente e normalmente servidas com leite. 

Como resultado da preparação, o matcha deve ter uma cor esverdeada bem clarinha. Porém, existem diversos tipos diferentes de matcha e cada um tem um uso variado. Existe até mesmo aquele usado como tempero, para ajudar e adicionar sabor às receitas. 

Devido a sua extração das folhas de chá verde, o matcha contém diversos benefícios à saúde. Além disso, ele também é rico em antioxidantes e cafeína, em uma quantidade maior do que é comumente encontrada em chás verdes. 

Café e Matcha

Para saber qual a melhor opção para você, é preciso pesar o lado de cada um. Por isso, é essencial uma análise dos benefícios e malefícios tanto do café como do matcha. Confira os prós e contras de cada uma dessas bebidas.

Prós e contras do café

Prós:

Mais barato: O preço costuma depender da qualidade do café, mas de maneira geral, ele é bem mais barato que o matcha.

Mais acessível: É muito mais fácil encontrar café para vender em um mercado próximo, seja em uma loja de conveniência ou em um supermercado. É possível encontrar lugares, cafeterias, que trabalham única e exclusivamente com essa bebida de diversas maneiras. 

Ajuda a diminuir o risco de diabetes tipo 2: Tanto o café descafeinado quanto o normal oferecem uma redução no risco de diabetes tipo 2. Segundo estudos, a cada dois copos da bebida é possível diminuir o risco em 12%.

Contras

Pode causar vício: A cafeína é considerada uma droga que estimula o sistema nervoso. Ao beber muito café, isso pode acabar levando a um certo vício ou dependência na substância. 

Efeitos colaterais: Algumas pessoas, ao ingerirem café, apresentam efeitos colaterais indesejáveis. Esses efeitos podem ser insônia, aumento do batimento cardíaco, dor de cabeça, ansiedade ao beber ou ao ficar sem café

Prós e contras do matcha

Prós:

Fácil de fazer: ao contrário do café, que precisa de equipamentos específicos e pode demorar de 10 a 20 minutos para ficar pronto, o matcha é feito rapidamente. Tudo que você precisa é um pouco de água quente e pó de matcha. Aí é só misturar e está tudo pronto. 

Ajuda na saúde bucal: o matcha também pode ajudar na sua saúde bucal. Um estudo feito no Japão mostrou que o consumo de chá verde estava diretamente ligado a uma boa saúde bucal. 

Aumenta o relaxamento: matcha contém o aminoácido L-teanina. Por isso, o chá consegue aumentar as ondas alfa no cérebro e então acalmar a mente sem causar sentimento de sonolência.

Contras:

Risco de toxicidade no fígado: ao consumir muito matcha também se ingere um grande número de polifenóis presentes em sua composição. Isso pode levar a dano no fígado, segundo alguns estudos. No entanto, as pesquisas na área ainda estão no início e precisam de acompanhamento de longo termo. 

Mais caro: por não ser uma especiaria do Brasil, os preços são um pouco mais altos do que o do café. Sempre levando em conta que o preço depende da qualidade do produto.

Risco de contaminação: como já foi mencionado anteriormente, matcha é feito de folhas de chá verde trituradas. Isso pode apresentar um risco de contaminação, caso essas folhas tenham sido contaminadas com metais pesados como chumbo e arsênico. 

Benefícios que o café e o matcha tem em comum

Antioxidantes

Os antioxidantes são componentes que diminuem os efeitos nocivos do estresse no corpo humano. Eles também são essenciais para o tratamento de diversas doenças, como o câncer. Um grupo de antioxidantes bastante comum no café e no chá são os polifenóis. O matcha tem vitamina C e clorofila e o café em cafestol e kahweol, todos esses têm propriedades antioxidantes. 

Os antioxidantes de café e do matcha podem ajudar a diminuir tumores, limitar a formação de veias que alimentam esses tumores e promover a morte de células cancerígenas. Eles também têm capacidade de proteger o corpo de câncer bucal, gástrico, colorretal, do fígado e do esôfago.

Risco de doenças cardíacas

O polifenol contido no café e no matcha também é benéfico para evitar os riscos de doenças cardíacas. Ele ajuda a evitar que as artérias do corpo humano entupam e reduz a agregação plaquetária. Ele também ajuda no relaxamento das veias por onde passa o sangue e ajuda a diminuir a pressão sanguínea. 

Os antioxidantes encontrados no matcha, ajudam a diminuir a pressão sanguínea e reduzem o colesterol ruim (LDL). Com o café, em contrapartida, é preciso tomar cuidado pois o cafestol e kahweol podem ajudar a aumentar o colesterol ruim e os níveis de triglicéridos.

Perda de peso

A cafeína presente tanto no matcha quanto no café pode ajudar na perda de peso. Isso porque ao ser consumida ela aciona a gordura marrom do corpo. A gordura marrom é um tecido responsável por queimar calorias em situações de frio, com intuito de gerar calor. Assim, ocorre um aumento de energia e oxidação de gordura.

A gordura marrom é responsável por proteger o corpo de acumulação de gordura e é capaz de gerar calor e metabolizar nutrientes como a glicose. Alguns estudos já sugeriram que o consumo de cafeína também  pode ajudar a aumentar o metabolismo em 13% dentro de três horas. 

Funcionamento do cérebro e bom humor

A cafeína do matcha e do café chamaram a atenção de alguns pesquisadores, pois podem ajudar a melhorar o humor, a atenção, a memória e a reação humana. Essas pesquisas também relacionaram a presença de L-teanina e antioxidantes no matcha a esses benefícios. 

Substituição da cafeína

Se você está em busca de reduzir o seu consumo de cafeína talvez a melhor opção seja tomar matcha, ou café descafeinado. Isso se deve ao fato de que ambos têm menos cafeína do que um café normal. 

A cafeína, em geral, não faz mal à saúde. No entanto, se consumida em grande quantidade pode ser um problema. Isso devido ao fato dela se tornar um vício, gerando dependência ao consumidor. A cafeína em grandes quantidades também pode causar uma overdose no organismo, gerando dores de estômago, tremores e insônia. 

Se você está em busca de ter energia, mas ao mesmo tempo diminuir o consumo de cafeína, o matcha e o café descafeinado são a resposta. Porém, é preciso levar em conta o fato de que o matcha dispersa melhor a energia da cafeína, enquanto o café libera tudo em um pico só de vigor.

Receita de Matcha Latte 

Se você tiver interesse em provar um pouco do chá matcha enquanto aprendia mais sobre ele e o café, confira a receita a seguir de matcha latte. Essa é uma opção vegana e deliciosa para adicionar à rotina.

Tempo de preparo: 10 minutos

Ingredientes:

1/2 ou 1 colher de pó de chá matcha 

1/2 colher de chá de açúcar branco ou mascavo 

3/4 chá de leite de amêndoa

1/4 chá de leite de arroz 

Modo de preparo:

  1. Coloque o açúcar e a matcha em uma caneca. Adicione água fervente para cobrir os dois, e misture até que o açúcar se dissolva e não sobre as bolinhas de matcha.
  2. Esquente os dois leites junto até eles ficarem espessos e espumosos, sempre mexendo com uma colher ou garfo. Se você tiver uma máquina de café a vapor será mais fácil.
  3. Adicione o leite misturado a caneca com a mistura de água, açúcar e matcha. Misture os dois e aproveite sua bebida.