Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Recipientes descartáveis podem ser substituídos por reutilizáveis que não agridem a natureza

Embalagens e sacolas plásticas têm sido pivô de muitas polêmicas e discussões por serem altamente poluentes e prejudiciais ao meio ambiente. Como tudo na vida dá-se um jeito, algumas medidas simples ajudam a evitar o uso desnecessário destes materiais.

Para quem costuma levar marmitas e lanches de casa para o trabalho ou para a escola, uma opção é, em vez de fazer o embrulho com plástico filme, papel alumínio ou outras embalagens descartáveis, escolher alternativas de embalagens reutilizáveis, como potes de plástico mais resistente. Com apenas uma lavagem esses recipientes já podem ser usados novamente.

Evitar a compra de produtos que levam mais matéria-prima para fabricação do que o necessário também é uma iniciativa a ser tomada (exemplo de biscoitos que têm excesso de embalagens). No caso de bebidas e refrigerantes, dê preferência a embalagens retornáveis e caso de garrafas PET, a reciclagem é fundamental.

Compras e lazer

Na hora de fazer compras, opte por sacolas de pano, carrinhos de feira ou caixas de papelão. Elas são reutilizáveis e evitam o uso de sacolas plásticas descartáveis. E se o destino das compras for uma viagem de férias na praia, recolha o lixo, principalmente os plásticos, que são responsáveis pela morte de muitos animais marinhos.

Há outras medidas que podemos adotar para não gerar lixo desnecessário. Dê preferência para cartuchos recarregáveis de impressoras, por exemplo, e evite o consumo de canudinhos, pratos e talheres descartáveis. Isso diminui o gasto com o plástico utilizado para a fabricação destes produtos.


Veja também: