Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

A contribuição para a sociedade de uma empresa vai além da geração de lucro, é uma chance de prover consciência

Empresas focadas na sustentabilidade são fundadas a cada dia. Por causa disso já existem prêmios para os empreendimentos com consciência ecológica. A revista IstoÉ, vai identificar as companhias adeptas à nova forma de se fazer negócios.

A IstoÉ terá parcerias para a seleção com a Report Sustentabilidade, uma empresa dedicada a integrar a sustentabilidade ao mundo dos negócios e usará a metodologia do B Lab, uma organização norte-americana dedicada a certificar empresas com práticas alinhadas ao lema: “Não ser apenas as melhores empresas do mundo, mas as melhores para o mundo.”

As inscrições para o prêmio foram prorrogadas até o dia 18 de julho e podem ser feitas através do site. Os representantes das empresas interessadas poderão participar de fóruns virtuais para tirar dúvidas ou poderão enviá-las para este e-mail: maisconscientes@istoe.com.br.

Desde 2007, a organização B Lab desenvolve os questionários que avaliam empresas em cinco dimensões, que também serão utilizadas para a avaliação na premiação: Governança, modelo de negócios, relações com os funcionários, relações com a comunidade e meio ambiente.  As respostas geram uma pontuação de 0 a 200 pontos. No Brasil, essa cuidadosa avaliação é coordenada pelo Sistema B.

Podem ser premiadas empresas de todos os ramos de atividades e portes, sendo pequenas, médias ou grandes, segundo os critérios do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES):

• Pequenas empresas: até R$ 16 milhões de receita operacional bruta;
• Médias empresas: até R$ 300 milhões de receita operacional bruta;
• Grandes empresas: acima de R$ 300 milhões de receita operacional bruta.

Serão distribuídos 19 prêmios: a melhor pontuação geral, a melhor pontuação nas três categorias (pequena, média e grande) e as melhores empresas pequenas, médias e grandes em cada uma das cinco dimensões de avaliação.

A pontuação inicial obtida pelas empresas com o preenchimento dos questionários será analisada pelo Conselho Consultivo do Prêmio, formado por especialistas com experiência nos temas e nesse tipo de avaliação, para identificar eventuais distorções nos resultados. Essa etapa levará em conta a média histórica global das mais de mil empresas que já responderam ao questionário. O Conselho pode desqualificar empresas com pontuações muito desproporcionais ou pedir revisão. Após essa etapa, serão definidas as 15 empresas finalistas.

Os finalistas passam, em seguida, pelo Call de Revisão. Um contato com a equipe especializada do B Lab, que tira dúvidas sobre as respostas e, se necessário, ajusta a pontuação final. Teremos, então, os vencedores. A entrega do prêmio será no dia 18 de setembro.

Veja mais:
-Empresas começam a oferecer serviços de entregas por bicicleta
-Empresas lançam chocolate sustentável da produção ao consumo
-Empresas divulgam ações de adaptação às mudanças climáticas em fórum