Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Empresas que desenvolvem bebidas alcoólicas estão adotando processos sustentáveis para fazer as biritas

Profissionais do setor de bebidas dos Estados Unidos estão desenvolvendo produtos alcoólicos que possuem uma pegada ecológica leve. O movimento engloba destilarias, restaurantes, bares, fornecedores de ingredientes e empresas de consultoria. As principais marcas dessa iniciativa são a rede de relacionamento desenvolvida com fornecedores locais e o apoio aos produtores que adotam a sustentabilidade no seu trabalho.

As bebidas produzidas por esse movimento estão geralmente ligadas à cultura dos coquetéis. Por isso, os consumidores irão encontrar rum, vodca, gin, licores de ervas amargas e aguardentes, que são principalmente lançados no mercado como base para receitas de diversos drinques.

Exemplos de quem faz da birita algo sustentável

A GreenBar Distillery, parte do GreenBar Collective, diz em seu site que apresenta a maior seleção de bebidas orgânicas e artesanais do mundo. Dentre as escolhas, existe uma coleção de licores com sabores como laranja, jasmim e gengibre, e vodcas nos sabores limão, baunilha e pura. A Veev é uma empresa que desenvolveu a primeira aguardente baseada em açaí no mundo, além de ser também a primeira aguardente com certificado de neutralidade de carbono. A companhia foi fundada por dois irmãos que conheceram o açaí quando vieram ao Brasil para surfar.

Como o movimento dos “coquetéis conscientes” está muito ligado à cultura da mixologia, nos sites das destilarias há seções com receitas, que combinam especialmente com os produtos vendidos, para serem feitas por bartenders que adquirirem as bebidas ou em casa, por quem quiser se aventurar com drinques “socialmente responsáveis”.


Veja também: