Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

A cúpula geodésica é um tipo de construção que pode substituir casas contemporâneas de forma eficiente, segura e eco-friendly

Cúpula Geodésica é um termo usado para definir casas com estruturas de base de poliedros geodésicos. A palavra “poliedro” se refere a uma forma tridimensional com todas as superfícies planas voltadas para fora. Já  “geodésico” descreve a menor linha possível entre dois pontos. 

Uma casa de cúpula geodésica tem um formato mais arredondado, e é considerada uma das opções eco-friendly de construções residenciais. O arquiteto Buckminster Fuller foi responsável por popularizar o modelo. Para ele, a cúpula geodésica seria uma alternativa viável para resolver a crise residencial que se sobressaiu depois da Segunda Guerra Mundial. 

No entanto, a popularização da cúpula geodésica não vingou e as pessoas optaram pelas estruturas mais comuns de construção. Apesar disso, esse modelo de construção continua intrigando e fascinando muitos arquitetos e donos de casa.

História por trás da cúpula geodésica 

A primeira cúpula geodésica foi construída pelo engenheiro Walther Bauersfeld para ser usada como um planetário. Na época, a Segunda Guerra Mundial tinha chegado ao fim e o modelo de construção ainda não levava o nome de cúpula geodésica

O nome foi dado 20 anos depois pelo arquiteto Buckminster Fuller, que estava trabalhando no projeto na Universidade de Black Mountain, ao lado do artista Kenneth Snelson. Foi apenas quando Fuller conseguiu construir uma cúpula geodésica pela primeira vez que ele teve o direito a patente sobre o nome do modelo. 

A primeira construção ocorreu no ano de 1954, quando o arquiteto contou com a ajuda de seus alunos da universidade de Woods Hole, Massachusetts. No mesmo ano, Fuller preparou uma estrutura de cúpula geodésica de papel de, aproximadamente, 12 metros de altura para uma exibição de arquitetura em Milão. Lá ele recebeu o prêmio de primeiro lugar por seu projeto.  

Com essa visibilidade, o modelo de cúpula geodésica foi escolhido para construções militares e industriais, desde fábricas até observatórios. Devido a sua resistência a ventos fortes e climas extremos, a cúpula geodésica  era fácil de ser construída com rapidez. Por isso, no final dos anos 50 essas construções também foram aderidas por universidades e bancos. 

Popularidade da cúpula geodésica diminui

Fuller foi responsável por surgir com a ideia de kits de pré-fabricação da cúpula geodésica,  que não chegou a ser frutífera. Mesmo que Buckminster tenha dedicado anos da sua vida para criação de modelos de cúpula geodésica de preço baixo, fácil construção e pré-fabricados, a popularidade não se manteve.

O auge da fama da cúpula geodésica foi nos anos 70,  quando as pessoas começaram a construir cúpulas para quintais. Além disso, versões “faça você mesmo” de cúpulas geodésicas  ganharam uma certa popularidade, o  que acabou decaindo no início do século 21. 

Para entusiastas da cúpula geodésica, a queda no interesse se deu graças ao reconhecimento das pessoas de seus lados negativos, como o fato de que o posicionamento de móveis dentro dessas casas pode ser um pouco complicado.

Estrutura da cúpula geodésica 

A estrutura e o formato da cúpula geodésica faz com que ela seja propensa a resistir a ventos fortes. Elas podem ser construídas de diversos materiais, como uma mistura de cimento e espuma de secagem rápida, chamada de aircrete, e  barro.  A maioria das construções são feitas com madeira ou ferro, com coberturas de poliéster, alumínio, fibra de vidroou acrílico. 

Por ter formato de esfera, a cúpula geodésica é excepcionalmente eficiente quando se trata de economizar em materiais de construção. Isso porque ela não demanda tanto material para construção da superfície, e ainda sim dispõe de um espaço significativo para a casa. Outros benefícios da estrutura da cúpula geodésica são:

  • Sem paredes ou obstruções, o ar e a energia podem circular livremente. Isso torna o aquecimento  e o resfriamento da casa mais eficientes e diminui a perda de calor;
  • Devido a menor área superficial, existe uma exposição ao calor e ao frio reduzida;
  • Os ventos fortes se movem ao redor do exterior curvado da cúpula geodésica, o que reduz a possibilidade de danos. 

Benefícios de morar em uma cúpula geodésica 

Garantia absoluta de resistência

O tamanho da cúpula geodésica é o que determina a força da sua estrutura. Quanto maior o tamanho da construção, maior será a força dela. Isso acontece porque, ao contrário de casas residenciais contemporâneas, o estresse da estrutura é espalhado por toda a construção, e não apenas entre os ângulos da casa, o que significa que a cúpula geodésica é mais forte que uma casa hegemônica.

Fácil de construir  

Os formatos da cúpula geodésica tornam a estrutura fácil de ser construída. Sem levar em conta que algumas empresas trabalham com kits pré-fabricados dessas casas. Dependendo dos materiais e da forma com que a cúpula geodésica foi montada, ela pode se tornar uma casa temporária rapidamente. 

Isso quer dizer que ela também pode ser desmontada e transportada para ser montada em outra região. 

Resiliência no Desastre

Em certas regiões da Terra, construir uma casa com uma estrutura contemporânea pode ser um grande risco. Para pessoas que vivem em regiões propensas a incêndios, terremotos, tornados ou que vivem perto de encostas e rios, a melhor alternativa é a cúpula geodésica

A aerodinâmica da cúpula geodésica permite que ela continue em pé, mesmo com uma grande quantidade de pressão. Ela também pode ser construída com componentes resistentes ao fogo, água e ferrugem. O fato da cúpula geodésica poder ser montada e desmontada com facilidade também permite que a pessoa saia do lugar de risco para outro. 

Casas baratas

O preço da construção de uma cúpula geodésica é menor do que o de uma casa contemporânea. Isso se dá devido aos materiais que são usados e a facilidade de construção, que reduz o tempo de trabalho. O preço de ter uma casa é o que mais assusta as pessoas na hora de decidir onde morar, e a cúpula geodésica pode ser uma alternativa viável. 

Eco-friendly

A humanidade ainda está em busca de construções residenciais que sejam ecologicamente corretas. As cúpulas geodésicas são estruturas que podem ser feitas a partir de uma visão sustentável. Os componentes usados em sua construção são, predominantemente, materiais reciclados que ajudam a reduzir a quantidade de resíduos. 

Felicidade e cúpula geodésica 

Segundo estudos, a frequência harmônica criada pelas cúpulas geodésicas e seus padrões geométricos ressoam como campos de energias invisíveis e calmantes que ajudam no humor. Ao utilizar um esquema de criação, essas construções conseguem calibrar os ambientes naturais, permitindo a experiência de harmonia natural no dia a dia. 

Confira o vídeo a seguir sobre uma cúpula geodésica construída com apenas 18 mil dólares pelo casal John e Linda.