O que fazer com os talheres desgastados?

eCycle

A correria do dia a dia não nos deixa reparar no desgaste desses utensílios e, quando nos damos conta, já está na hora de trocá-los. Fique atento às opções de descarte e reutilização

Os talheres são utensílios utilizados para facilitar a alimentação. Ninguém sabe ao certo quando foram inventados, mas sabe-se que eram conhecidos no ocidente, mais especificamente na Grécia, já no século IV a.C. Entretanto, o hábito de usá-los foi decaindo durante a Idade Média. O primeiro garfo foi reintroduzido no ocidente no século XI, quando Domenico Salvo, membro da corte de Veneza, casou-se com a princesa Teodora, de Bizâncio. Em seu enxoval, ela trouxe um objeto pontudo, com dois dentes, para espetar os alimentos e levá-los à boca - uma heresia na época, já que o alimento era ofertado por Deus, portanto, sagrado, e, por isso, precisava ser levada à boca com as mãos. Lentamente, os membros da nobreza e do clero começaram a adotar o novo hábito, mas somente no século XIX é que a população começou a usar os talheres novamente.

Normalmente, os talheres são feitos de aço inox ou de alumínio, pois são os materiais mais resistentes à corrosão, se comparados a outros metais. Os cabos podem ser simples (uma extensão de todo o utensílio), ou duplos (quando o cabo é feito de um conjunto diferente do resto do utensílio).

Como são feitos?

Os talheres metálicos são produzidos do seguinte modo:

  • A forma básica é cortada a partir da chapa de metal;
  • A parte dianteira, que é a mais funcional do talher, é laminada;
  • A parte funcional do talher é cortada, ou seja, cortam-se os dentes no garfo e a forma oval na colher;
  • Essa mesma parte é dobrada por prensas mecânicas e recebe a forma final;
  • O cabo é dobrado por prensas mecânicas e recebe sua forma final, no caso de talheres simples; ou tem o cabo é instalado, no caso dos talheres duplos.
  • As superfícies são lixadas e polidas.

Como reciclar?

Metais são elementos de grande durabilidade e, caso sejam descartados na natureza, o tempo de decomposição pode chegar a até 500 anos. Por isso, é muito importante a sua reciclagem. Uma boa notícia é que os talheres metálicos são fáceis de serem reciclados, principalmente os de alumínio, cobre, aço e prata. As partes metálicas podem ser facilmente removidas e enviadas para a refundição.

No caso dos talheres de cabo duplo, eles tendem a serem inutilizados quando em contato com água contaminada, como a água da enchente.

Onde reciclar?

Como reciclar talheres pode ser complicado para os donos de talheres de cabo duplo, existem ainda algumas outras opções de uso e descarte consciente.

Primeiramente, tente saber se os talheres ainda podem ser reutilizados. Talheres com manchas simples podem ser limpos com uma solução de uma colher de sopa de água sanitária para cada litro de água – é preciso deixá-los de molho por trinta minutos.

Também é possível levar para a doação em casas de repouso para idosos ou creches e orfanatos. Outra opção é o upcycle destes objetos, seja por meio da pintura ou de trabalhos artesanais. Use sua criatividade!

Além disso, de acordo com o Plano Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), os fabricantes devem espalhar postos de coleta de seus aparelhos próximos a grandes centros de consumo, a fim de que o consumidor possa depositar neles os materiais que podem voltar ao ciclo produtivo da indústria, como é o caso do metal, ou providenciar o descarte mais adequado em termos ambientais. Enquanto isso não ocorre, confira a dica eCycle ao fim da página.

Quer descartar seu objeto com a consciência tranquila e sem sair de casa?

Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail