Biceberg: o estacionamento subterrâneo de bicicletas

eCycle

Sistema espanhol valoriza área e dificulta roubos

Biceberg: o estacionamento subterrâneo de bicicletas

Não é um caixa eletrônico nem um banheiro químico. A foto acima ilustra um sistema de estacionamento de bicicletas subterrâneo, chamado de Biceberg (um trocadilho entre as palavras "bicicleta" e "iceberg" - devido ao fato de a maior parte do sistema não estar visível ao usuário).

Em um local pré-estabelecido, cava-se um buraco em formato cilíndrico com diâmetro de 7,5 metros. A altura varia conforme a quantidade de bikes que se quer armazenar (é possível guardar até 92 unidades). Na sequência, toda a parte elétrica e de revestimento é instalada, culminando com a cabine de comunicação com o usuário. É necessário que o local possua suprimento de eletricidade, internet banda larga e sistemas de ventilação.

Quando um ciclista quer estacionar sua bike, ele insere um cartão no terminal e digita sua senha pessoal. Ele poderá inserir a bike num contêiner, que será armazenado em um espaço subterrâneo vago do sistema. Na hora de retirar, basta ele realizar o mesmo procedimento e ele terá acesso ao veículo em até 30 segundos, segundo a empresa espanhola ma-SISTEMAS, que desenvolveu todo o mecanismo do projeto e o patenteou no ano de 1994.

Funcionamento do Biceberg

O espaço do contêiner é grande o suficiente para que capacetes, mochila, luvas e outros acessórios também sejam guardados conjuntamente com a magrela. Dessa forma, além de não utilizar grandes áreas para estacionamento, os objetos se mantêm seguros.

A ideia do Biceberg vem se popularizando na Espanha desde a sua criação, estando presente em cidades como Zaragoza, Vitoria, Blanes e Huesca. Clique aqui para acessar o site oficial do sistema. Para visualizar seu funcionamento, confira o vídeo (em espanhol).


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail