Livro que pode ser plantado após o uso incentiva educação ambiental

eCycle

Feito com tinta ecológica e sementes, publicação infantil pode dar vida a um jacarandá

A editora argentina de livros infantis Pequeño Editor publicou recentemente um “livro árvore”, em parceira com a agência de publicidade FCB Buenos Aires, que é a primeira publicação capaz de, após lida, ser plantada. A iniciativa chama a atenção para as árvores que são derrubadas e a quantidade de água consumida para a produção de papéis.

A meta, portanto, é incentivar a sustentabilidade e desenvolver a consciência ambiental. Os exemplares do livro Meu pai estava na selva foram feitos a partir de tintas ecológicas e papel reciclado. Os livros possuem sementes de jacarandá, uma árvore ameaçada de extinção, principalmente na Argentina. Quando a criança termina de ler o livro, ela pode plantá-lo e ver o crescimento de uma nova árvore, devolvendo à natureza o que dela foi retirado.

“Quando um projeto tem algo importante a oferecer ao mundo, colaborando com a ecologia, nos faz sentir bem. É o caso deste livro. Não é nem mais nem menos do que um objeto que atinge crianças conscientes sobre o cuidado com a natureza”, destacou Tony Waissmann, da FCB Buenos Aires, ao portal AdLatina.

A história do livro, que é recheada de belíssimas ilustrações, é sobre uma viagem na selva equatoriana.

Antes de plantar, se possível, as crianças poderiam também compartilhar o livro com amigos e colegas de escola, para que a iniciativa cumpra o objetivo de ser o mais sustentável possível.

O vídeo abaixo mostra como funciona:

Fonte: EcoD

Veja também:
-Livro infantil em forma de aplicativo para tablet mistura interação e conectividade para ensinar crianças
-Livro consagrado de Lester Brown tem versão gratuita para download
-Vídeo: curta-metragem infantil de animação incentiva uso racional da energia


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail