Projeto de lei que proíbe confinamento de animais é aprovado por comissão em SP

eCycle

Saindo da Comissão de Meio Ambiente da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP), próximo passo é a assinatura do governador 

Após a proibição da criação de animais para extração de peles, São Paulo apresenta mais um avanço na legislação a favor dos animais: a proibição do confinamento de animais de produção, com o PL 714/12. O Deputado Feliciano Filho (PEN), autor do projeto, diz que “esse sistema vem se intensificando em nome do ganho de produtividade. Muitos animais passam a vida sem ver o sol ou a natureza. Apenas nascem, sofrem e morrem”.

Além de os animais confinados não poderem manifestar seu comportamento natural (veja o caso das galinhas poedeiras), a prática do confinamento resulta em impactos negativos no meio ambiente e na saúde do consumidor (veja mais aqui). A produção orgânica tem se mostrado muito melhor, tanto para nossa saúde, quanto para o bem estar dos animais.

O projeto foi aprovado pela Comissão de Meio Ambiente no último dia 5 de novembro e agora aguarda o sancionamento pelo governador Geraldo Alckmin. Quem descumprir a lei deverá pagar uma multa de dois mil UFESP (Unidade Fiscal do Estado de São Paulo) por animal mantido em gaiola. O valor atualmente corresponde a R$ 40.280,00. Em caso de reincidência, a multa será dobrada.

No Brasil, as formas mais comuns de confinamento de animais são as gaiolas em bateria, para galinhas poedeiras; as celas de gestação, para porcas prenhes; e gaiolas, para bezerros destinados à produção de vitela. Na União Europeia, o confinamento foi eliminado gradualmente, tendo sido completamente proibido em 2013. Nos Estados Unidos, cinco estados já não utilizam mais o confinamento.

O famoso cientista Charles Darwin já dizia, em 1871, que “não há diferenças fundamentais entre o homem e os animais nas suas faculdades mentais (...) os animais, como os homens, demonstram sentir prazer, dor, felicidade e sofrimento”. Antes tarde do que nunca, agora o mundo começa a abrir os olhos para isso.

Veja também:
-Conheça e tire suas dúvidas sobre a filosofia vegana
-Carne de confinamento é mais competitiva no mercado, mas pode trazer problemas à saúde
-Falta de condições em linhas de produção de carne de frango prejudica trabalhadores e consumidores nos EUA
-Empresa lança "carne falsa" de frango que promete ser mais nutritiva e saborosa que a original
-Com muita gordura e alto nível de nitritos e nitratos, carnes processadas podem proporcionar riscos


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail