Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Sistema transmite energia gasta pelas pessoas em estação para aquecer edifícios vizinhos

Apesar das baixas temperaturas que atingem o continente europeu, as casas, prédios e ambientes de trabalho estão sempre aquecidos graças a diferentes e antigos sistemas de aquecimento. No entanto, nunca houve a preocupação com a quantidade de energia gasta.

Mas uma empresa sueca chamada Jernhusen percebeu que a solução para a questão do aquecimento de ambientes estava mais evidente do que nunca. Na Estação Central de Estocolmo, na Suécia, cerca de 250 mil pessoas que circulam diariamente gastando energia para comer, correr atrás dos trens e fazer compras. Sem saber, contribuem com o aquecimento de outros prédios do quarteirão.

Aproveitando-se de um mecanismo já existente, a empresa desenvolveu uma tecnologia em que o calor gerado pelo corpo humano não é desperdiçado como em qualquer situação, mas é revertido para o bem do próprio homem. Esse novo sistema capta o calor excedente dos corpos, converte-o em água quente. Esta é bombeada, enviada a sistemas de aquecimento de diferentes edifícios ao redor, que se mantêm os suecos quentinhos no rigoroso inverno sueco.

Segundo a empresa responsável pelo sistema, além de o sistema ser ecologicamente correto, ele ainda pode diminuir os custos com energia em 25%, desde que o custo com energia do país em questão não seja tão alto a ponto de inviabilizar o investimento nessa nova alternativa.

Foto: Pieter Kuiper, WikiMedia Commons