Óleo de ojon faz milagres na hidratação capilar

eCycle

Considerado o melhor óleo vegetal para tratamento capilar, o óleo de ojon traz muitos benefícios para o cabelo

óleo de ojon

Elaeis oleifera, ou ojon, é uma espécie de palmeira nativa das Américas Central e do Sul, que predomina desde Honduras até o norte do Brasil, principalmente na região amazônica. É bem comum em ilhas do Caribe a ponto das propriedades de seu fruto ficarem famosas como "milagres do Caribe".

A palmeira-de-óleo-americana, como também é chamada, cresce bem em regiões com muita chuva e mata densa e seus frutos alimentam muitos pássaros, mamíferos e insetos. Seu fruto é uma polpa que possui castanhas no seu interior, e é a partir dessas castanhas que o óleo de ojon - ou american oil - é obtido.

As castanhas são extraídas manualmente do fruto, são moídas e prensadas, posteriormente, para a obtenção do óleo de ojon. O óleo extraído é rico em lipídeos e em ácidos graxos, como ácido oleico e linoleico. Por ser muito concentrado, pode se solidificar na temperatura ambiente, ficando com aspecto de um creme.

A principal aplicação do óleo de ojon é nos cabelos, proporcionando muitos benefícios. Rico em aminoácidos, antioxidantes naturais e lipídeos, o óleo de ojon reúne todas as essências necessárias para manter os cabelos saudáveis.

O óleo obtido possui uma composição semelhante à dos lipídeos encontrados nos cabelos, podendo reestruturar os fios e os lipídeos perdidos. Com a barreira de lipídeos estabilizada, garante força e resistência aos fios, reduzindo a ruptura dos cabelos. Também auxilia o bulbo na reconstrução da fibra capilar. Por ser semelhante aos compostos existentes naturalmente nos cabelos, o óleo de ojon é recomendado para pessoas que costumam ter sensibilidade no couro cabeludo.

É considerado um dos melhores óleos vegetais para tratamento capilar, sendo mais indicado até que o óleo de argan. O argan trata a fibra capilar de fora para dentro, reparando as cutículas e dando maciez e leveza ao toque. Já o ojon penetra profundamente nos fios, obtendo melhores efeitos nos cabelos danificados. Proporciona recuperação das células capilares, brilho intenso, força e protege das agressões diárias, como ventos, poluição, raios solares e também dos efeitos do secador e da chapinha. Serve ainda como antifrizz e reduz o volume dos cabelos arrepiados.

Como o óleo protege os fios dos tratamentos químicos, evite aplicá-lo antes de fazer algum tipo de processo nos cabelos - como alisamento e tintura - pois ele poderá atrapalhar a ação das substâncias ativadoras, como as tintas. Se você fizer a aplicação após os processos, além de o óleo não "atrapalhar" os procedimentos, ele irá tratar e nutrir os cabelos sensíveis que se danificaram.

Ele também pode ser usado como protetor térmico. Antes de utilizar secador e chapinha, aplique algumas gotas do óleo nos cabelos ainda molhados. Para reduzir o volume e eliminar o frizz, aplique pouca quantidade do óleo nos cabelos secos.

O óleo de ojon é autossuficiente, portanto, não é necessário misturá-lo com algum outro óleo vegetal ou cremes hidratantes. Aplique o óleo puro nos cabelos após o xampu e antes do condicionador - assim você repara danos e ressecamento. O procedimento pode ser feito sempre que sentir necessidade de aplicá-lo, mas seu uso não é indicado mais que três vezes na semana, pois poderá deixar os fios pesados e com oleosidade (por ser muito denso).

Lembre-se sempre de utilizar o óleo de ojon 100% natural e livre de substâncias químicas nocivas à saúde, como os parabenos. Você pode encontrar o óleo puro e outros produtos naturais na Loja Ecycle.


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail