Onde descartar cartões plásticos sem uso?

eCycle

Material utilizado em cartões de crédito, crachás e carteirinhas deve ter um destino específico. Saiba como fazer o descarte correto de cartões plásticos

Sabe aqueles cartões e carteirinhas velhas ou os cartões de crédito vencidos? Você não precisa ficar guardando esses cartões plásticos sem uso na sua casa, mas também não deve jogá-los no lixo comum. Para descartar cartões bancários, você pode levá-los na agência do seu banco. Porém, em geral acumulamos cartões plásticos de várias origens e todos eles precisam de uma destinação adequada. O ideal é levar esses cartões (já cortados) em postos de reciclagem que aceitem o material. Também existem máquinas que picotam os cartões e coletam o material para reciclagem, dando origem a novos produtos.

Esse "dinheiro de plástico" é cada vez mais comum, já que substitui a moeda em espécie. Os cartões são utilizados desde a década de 1950 em alguns países. Esses objetos de plástico executam vários processos que antes exigiam o uso de papel, geralmente quando cumprem funções de cartão de crédito e de débito, mas também servem para outros usos, como a identificação pessoal.

Os cartões podem ser feitos a partir de diferentes tipos de plástico, como PVC, poliéster, policarbonato e outro plástico chamado de ABS - inclusive misturando tais tipos no mesmo objeto. A estrutura do cartão é formada por diversas camadas desses materiais. Além disso, alguns cartões de PVC também são formados por uma tarja magnética, costumam conter um chip e um painel de assinatura (faixa em que podemos encontrar o nome ou assinatura do usuário e o código de segurança do cartão).

A tarja magnética é composta por pequenas barras magnéticas plásticas a base de ferro, iguais às fitas cassetes. Nesta tarja estão registradas informações pessoais de identificação e/ou bancárias não criptografadas (menos seguras). O chip no cartão fica em uma cápsula de aço inoxidável e é composto por silício. No chip, também ficam armazenadas informações pessoais de identificação e/ou informações bancárias criptografadas (mais seguras).

Impactos

Como a maior parte dos cartões é feita de plástico, é possível reciclar e impedir que mais resíduos se acumulem nos aterros, onde permanecem por centenas de anos até se degradarem. Componentes que fazem parte do processo de fabricação desses plásticos, como dioxinas, furanos e PCBs, contaminam o solo, a água subterrânea, prejudicam os seres vivos, inclusive o ser humano, que terá solo contaminado (impactos negativos nas plantações e na qualidade dos alimentos) e água contaminada (água subterrânea tirada de poços por algumas famílias e contaminação de reservatórios de água que abastecem grande parte da população). Confira a matéria "PVC: usos e impactos ambientais" para saber mais sobre os impactos negativos.

Descaracterização e segurança das informações

O descarte de cartões que contêm informações pessoais importantes, como é o caso dos cartões de crédito, envolve a confiança do proprietário do cartão com relação ao processo de reciclagem desse material. Para fazer a separação completa dos materiais, seria preciso descartar o cartão inteiro, o que não é recomendado. Por isso, os mecanismos mais comuns de descarte voluntário de cartões permitem que os proprietários quebrem o cartão, destruindo as partes que contêm o chip e a tarja magnética e depositando os restos picotados em uma caixa lacrada.

Reciclagem de cartões

Papa cartão
Urna para destruição e coleta de cartões plásticos vencidos. Imagem: Papa Cartão/Divulgação

O processo de reciclagem demanda máquinas específicas para realizar o procedimento. Os diferentes materiais são separados, processados/triturados e podem resultar em diversas espessuras, desde um material mais grosso até um pó bem fino. Com isso, é possível produzir diferentes objetos como: piso, capa de caderno, agenda, novos cartões plásticos, balcão para mesa, entre outros.

Uma das iniciativas que realiza a reciclagem de cartões de plástico é o sistema Papa Cartão, que conta com 85 pontos de coleta pelo Brasil. A empresa disponibiliza caixas coletoras que contam com um sistema para descaracterização manual dos cartões. O usuário insere seu cartão plástico sem uso, gira a manivela e consegue vê-lo cair em 7 pedaços dentro de uma urna. Quando a caixa acumula volume suficiente, a empresa coleta os cartões destruídos e utiliza o material para a fabricação de novos produtos.

Sem o auxílio de máquinas especializadas, é possível realizar diversos tipos de upcycle (reaproveitamento do material), como produzir braceletes ou pulseiras feitos com cartões de plástico coloridos, confeccionar um porta retrato formando um mosaico de pedacinhos de cartões, um kit de escritório com cartões revestidos de tecido ou produzir palhetas para tocar instrumentos como violão e guitarra. Se nenhuma dessas opções estiver disponível na sua cidade, descaracterize o cartão por conta própria e jogue-o no lixo comum. Assim você garante que ele não escape para a natureza e vá para um aterro sanitário.

Consulte os postos de coleta para descarte dos seus cartões plásticos no mecanismo de busca gratuito do Portal eCycle.


Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×