Conheças as diferenças entre cosméticos naturais, orgânicos e convencionais

Conheça as principais diferenças entre cosméticos naturais, orgânicos, convencionais e como identificá-los

cosméticos

Você, como consumidor, saberia reconhecer a diferença entre cosméticos naturais, cosméticos a base de produtos naturais e cosméticos orgânicos na hora da compra? Se a resposta é não, então o Portal eCycle te explica.

Existem, no mercado, tipos de cosméticos que diferem dos produtos convencionais. Os convencionais não são passíveis de certificação ambiental, porém necessitam de regulamentação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Outra questão que diferencia os cosméticos convencionais dos outros diz respeito à porcentagem de ingredientes sintéticos, derivados do petróleo, testados em animais e geneticamente modificados presentes no conteúdo do produto.

Cosméticos naturais

De acordo com Relatório do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), os cosméticos naturais não devem conter aditivos químicos em sua composição. Para o Instituto Biodinâmico (IBD) e para a Ecocert os cosméticos naturais devem possuir matérias-primas naturais e não podem conter as matérias-primas proibidas:

tabela

A Ecocert define que os cosméticos naturais podem ter, no mínimo 95%, do conteúdo total de matérias-primas naturais. Os outros 5% podem ser constituídos por substâncias sintéticas listadas pela certificadora, mas que não estão inseridas nas matérias-primas proibidas para cosméticos naturais.

Então para saber se o cosmético é natural, verifique a ausência dos ingredientes proibidos listados anteriormente. Se ele apresentar o selo IBD - Ingredientes Naturais ou o selo ECOCERT, é mais um fator de confiança de que ele é realmente um cosmético natural.

ecocert

Além dos cosméticos naturais comercializados, existem também os caseiros, feitos por você ou por outra pessoa de maneira artesanal. Conheça receitas simples de como fazer pasta de dente e hidratante para a pele

Se o cosmético contiver alguma das matérias-primas proibidas listadas acima e ainda assim anunciar em sua embalagem que é um cosmético natural, então ele pode ser considerado um cosmético a base de produtos naturais. Vamos entender!

Cosméticos à base de produtos naturais

Esses cosméticos são amplamente difundidos no mercado porque são produtos fabricados de modo convencional, mas que possuem em sua formulação uma porcentagem de ingredientes naturais. Eles contêm as matérias-primas que são proibidas para os cosméticos naturais e uma ou outra matéria-prima permitida para produtos naturais. O problema que envolve a comercialização destes cosméticos está no fato de que muitos são anunciados como 100% naturais. Alguns podem até conter selos do IBD ou da Ecocert porque estão utilizando na composição do cosmético um ingrediente que é certificado, ou por ser natural ou por ser orgânico. Mas isso não confere ao cosmético a propriedade de ser natural. Por falar nos orgânicos, o que são realmente os cosméticos orgânicos?

Cosméticos orgânicos

Segundo o IBD, existem os cosméticos orgânicos e os cosméticos feitos com matérias-primas orgânicas. Os cosméticos orgânicos devem possuir, no mínimo, 95% de matérias-primas certificadas como orgânicas. Os 5% restantes podem ser compostos por água e por outras matérias-primas naturais. A Ecocert segue esses mesmos princípios de definição de um cosmético orgânico. Já os cosméticos feitos com matérias-primas orgânicas devem possuir, no mínimo, 70% e, no máximo, 95% matérias-primas certificadas como orgânicas.

Essas matérias-primas certificadas orgânicas são naturais e baseadas nos métodos do sistema orgânico de produção, que procuram aperfeiçoar o uso de recursos naturais e socioeconômicos utilizando outros métodos alternativos ao uso de materiais sintéticos na cadeia produtiva (saiba mais sobre a diferença entre agricultura convencional e agricultura orgânica).

Portanto, quando um cosmético é natural, ele não necessariamente é orgânico, porém quando um produto é orgânico ele sempre será natural. E um cosmético a base de produtos naturais não pode ser considerado natural. O cosmético orgânico possui maior porcentagem de matéria-prima orgânica do que o cosmético feito com matéria-prima orgânica.

Reciclagem e descarte

Os cosméticos a base de produtos naturais, por serem quase iguais aos cosméticos convencionais, não podem ser descartados no lixo comum (saiba o que fazer com cosméticos vencidos. Já os cosméticos naturais e orgânicos, incluindo-se nesses também os feitos com matérias-primas orgânicas são considerados biodegradáveis, e, portanto, podem ser descartados no lixo comum. É importante sempre ler o rótulo para saber qual o melhor destino final do produto.



Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail