Empresa comercializa linha de produtos totalmente compostáveis

O objetivo da World Centric é acabar com os produtos feitos de plástico

Nem todo tipo de plástico é reciclável. Acrílicos, isopor e cabos de panela, entre outros, se tornam um grande problema na hora do descarte. Mas uma empresa vem investindo em uma solução para esse problema.

A World Centric é uma empresa cuja missão é “criar um mundo melhor”; e para isso tem investido no desenvolvimento de uma linha de produtos 100% compostáveis. Para isso, tem substituído o plástico por uma mistura de bagaço de cana e fibra de trigo, o que faz com que sua matéria prima seja renovável e o material biodegradável após o descarte.

Além disso, gastam menos energia durante o processo de fabricação e seus produtos podem ser utilizados para enriquecer o solo após serem compostados. A responsabilidade ambiental da empresa também abrange o impacto ambiental das suas atividades. Em 2009, funcionários da companhia plantaram 175 mil árvores na Índia e em Camarões, como forma de compensar suas emissões de carbono e atenuar o aquecimento global.

Sua linha de produtos inclui escovas de dentes, pratos, travessas, talheres, sacolas, canudos, embalagens e muito mais. Uma proposta muito interessante e que contribui bastante com a diminuição de resíduos sólidos que vão parar em aterros depósitos de lixo. Será que a moda pega?

Curta o video abaixo e observe maiores detalhes sobre os produtos da empresa e o processo de degradação pós consumo.

Aproveite para descartar seus itens sem uso na seção Postos de Reciclagem da eCycle! Clique aqui.

Veja também:
-Guia da compostagem: recicle todo resíduo orgânico da sua casa de maneira sustentável
-Escova de dentes sustentável pode ser descartada no quintal de casa ou compostada
-Biodigestão é opção para grandes quantidades de lixo orgânico rural e urbano


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail