Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Na moda devido às possibilidades de reaproveitamento, contêineres viram escritório

Contêineres que transportam cargas em navios e aviões são tão resistentes que podem ser reaproveitados como matéria-prima para hortas urbanas ou mansões de luxo. Por que não utilizá-los como um escritório? Foi essa a ideia que os arquitetos do Arcgency desenvolveram.

Reaproveitando antigos contêineres, uma nova edificação portátil foi concebida, minimizando o uso de energia elétrica. A construção possui características para aproveitar o calor de modo a reduzir gastos com climatização artificial. Por meio do bioclimatismo e de materiais térmicos, o “prédio” resiste bem às temperaturas extremas do local – o escritório está localizado em Copenhague, na Dinamarca.

Batizado como Unionkul, a edificação teve sua estrutura montada em apenas dois dias, suficientes para o empilhamento de contêineres, reduzindo a poluição e os grandes gastos comuns à construção civil. Para deixar evidente o passado “acidentado”, os arquitetos optaram por não remover as características e imperfeições do material que passou cerca de dez anos em alto mar. Os recipientes receberam pintura na cor cinza fosco e foram revestidos com isolantes térmicos de alto desempenho.

Para contrapor a monotonia das caixas metálicas empilhadas, os pisos e paredes foram cortados para oferecer uma variedade de volumes e diferenças espaciais internas, fortalecendo a conexão visual, além de melhorar o aproveitamento de luz natural juntamente com os grandes vãos, layouts de plano aberto, pés direitos duplos e forros revestidos com alumínio reflexivo perfurado.

Escritório feito com contêineres
Escritório feito com contêineres
Escritório feito com contêineres
Escritório feito com contêineres
Escritório feito com contêineres
Escritório feito com contêineres
Escritório feito com contêineres


Veja também: