Compostagem do lixo nas grandes cidades: lidando com o resíduo orgânico de maneira sustentável

Sistema pode ser resposta para a diminuição de resíduos sólidos

Os problemas do lixo parecem não ter fim, principalmente quando o assunto é o descarte inadequado. E isso se torna especialmente grave quando falamos dos grandes centros urbanos, já que, quanto mais pessoas, maior é a quantidade de lixo produzida por elas. Diante dessa realidade, uma boa iniciativa para lidar com os resíduos sólidos pode ser a compostagem do lixo, um processo que consiste na transformação do lixo orgânico em adubo (saiba mais na matéria "O que é compostagem e como ela funciona? Entenda melhor os diversos benefícios).

Estamos falando de problemas como a contaminação dos lençóis freáticos pelo chorume, a emissão de metano (CH4), entre outros gases do efeito estufa, e até mesmo a proliferação de animais e de doenças, como a leptospirose.

Com a instalação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) em nosso país, e o consequente fim dos lixões, esse é um panorama que deve se alterar ao longo dos anos. Mas ainda assim, é necessária uma mudança de atitude agora (saiba mais sobre a PNRS na matéria "O que é Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS)?").

Um exemplo bem sucedido é o da cidade de Borás, na Suécia, onde, através de políticas públicas com foco na biodigestão e na reciclagem, além da colaboração da população, que contribuiu com a adoção da compostagem doméstica, as autoridades conseguiram reduzir o volume de lixo destinado a aterros sanitários em 99%.

Brasil

Como mencionado anteriormente, a PNRS é uma das ferramentas mais importantes no controle sobre o lixo e seu destino. Mas também é necessária a pressão e a participação popular.

A ideia do Grupo Pró-Viabilização da Compostagem em São Paulo é, como sugere o nome, que a compostagem seja incluída no Programa de Metas. De acordo com o Grupo, “a cidade gera cerca de 18 mil toneladas de lixo diariamente. Só de resíduos domiciliares são 10 mil toneladas por dia. E mais da metade são resíduos orgânicos. O atual sistema de coleta e destinação envolve o transporte dos resíduos por grandes distâncias pelas vias públicas, poluição gerada pelos caminhões coletores, sobrecarga nos aterros e desperdício de matéria-prima”.

Trata-se de um exemplo de como a sociedade pode contribuir com a defesa do meio ambiente através da pressão sobre as autoridades. Se você é de São Paulo, colabore com a iniciativa preenchendo a petição online criada pelo grupo. E se você é de outra cidade, por que não começar um movimento semelhante?

Visite nosso guia para saber tudo sobre a compostagem doméstica, inclusive como fazê-la você mesmo!


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail