Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Iniciativa garante mercadorias regionais entregues no mesmo dia com frete de CO2 neutralizado

A Alemanha já mostrou que pode arrasar quando o assunto é sustentabilidade (como já vimos aqui e aqui). Mais uma prova disso é o Kiezkaufhaus, um projeto bem legal do escritório de design Scholz & Volkmerque, cuja ideia principal é proporcionar a clientes que fazem compras online em lojas independentes (ou seja, que não são grandes corporações) a entrega do produto no mesmo dia e de forma sustentável e saudável.

Não parece nada de mais, não é mesmo? A diferença é que são aposentados que fazem a entrega, que é efetuada por meio de bicicleta. Assim, o ar não fica poluído por combustíveis fósseis – sem contar que o produto chega no mesmo dia em que a encomenda é feita, algo que até na Alemanha é bem raro.

Como surgiu?

A ideia partiu de quatro problemas presentes no dia a dia. A falta de oportunidades de trabalho para aposentados, o problema da mobilidade urbana, a pressão de grandes cadeias em negócios independentes e as grandes emissões de carbono na atmosfera. Segundo a equipe, o projeto nasceu da irritação com a bagunça das entregas no mundo do e-commerce. Para eles, parecia loucura comprar um livro na Amazon que viria de um depósito na Polônia se sua editora encontrava-se no mesmo país em que o pedido foi feito. Haja excesso de emissões de carbono!

O projeto foi implantado na cidade de Wiesbaden, uma cidade considerada uma das piores da Alemanha para se pedalar. Acredite ou não, essa foi uma das razões para implantar o projeto na cidade. Segundo os criadores, se o projeto funcionar em Wiesbaden, ele pode funcionar em qualquer lugar.

Como funciona?

As lojas são escolhidas de acordo com certas exigências da empresa. Devem ser independentes, pagar seus impostos em Wiesbaden, ser locávoras (para saber mais sobre o que são locávoros clique aqui) e bem abastecidas. A razão pelas exigências é incentivar e apoiar o comércio local. Segundo disse Nanna Beyer, líder do projeto, para a FastCo, “todos conhecemos o sentimento de frustração quando uma loja amada por nós fecha (…) uma única loja não tem condições de se juntar à era digital e montar uma logística na cidade para competir (com as grandes marcas). Mas uma rede de pequenas lojas pode. E é isso que a Kiezkaufhaus é”.

Kiezkaufhaus – algo como “loja de departamento do bairro” – funciona da seguinte maneira: O site dá a opção de que tipo de produto o cliente procura (alimento ou não alimento) e disponibiliza suas lojas parceiras e seus respectivos produtos, como visto abaixo:

Assim que o pedido é feito, os funcionários da loja escolhida irão recolher o item e embalá-lo para a entrega. Um simpático aposentado (que já não é tão aposentado assim) a bordo de uma bicicleta de carga elétrica chega em instantes pronto para fazer sua entrega. O cliente faz o pagamento da porta de casa, via cartão de débito ou dinheiro. Assim, a emissão de carbono é neutralizada, a mobilidade urbana é incentivada e uma grande oportunidade de trabalho para aposentados é criada.

A empresa recolhe 10% dos lucros, o resto vai para as lojas independentes.

Seria difícil um esquema como esses ser bem sucedido em grandes cidades (lembrando que Wiesbaden é uma cidade de 200 km²), porém é uma iniciativa criativa para ficarmos de olho.


Veja também: