Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Lã, algodão, seda e outros tecidos reaproveitados foram utilizados na coleção Inverno 2013 da Doisélles

A estilista Raquell Guimarães está à frente da renomada marca Doisélles. E o reconhecimento não vem apenas devido à qualidade dos produtos, mas também por causa da preocupação com a sustentabilidade que a marca possui.

Para criar a linha Inverno 2013, Raquell passou a aproveitar sobras de tecido oito coleções guardadas há quatro anos em seu acervo.

Ao todo, a marca usou 942 quilos de matéria-prima natural e sintética, como lã, algodão, seda, poliamida e acrílico. “Salvamos quase uma tonelada de lixo. Decidimos não comprar mais nada quando vimos que já tínhamos tudo e foi assim que surgiu essa coleção”, afirma Raquell no vídeo promocional da linha (veja ao fim da matéria).

Para confeccionar uma peça da marca são necessários 500 gramas de matéria-prima, porém, não havia sobras de fios semelhantes na oficina. “Tínhamos cerca de 350 gramas de cada material, mas ao juntarmos de forma harmônica as cores e texturas conseguimos construir novas peças. É o milagre da multiplicação”, explica.

Confira o vídeo sobre o processo de criação da coleção de inverno 2013:


Fonte: Projeto Contem

Veja também: