Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Deixar o gato ter acesso à rua é muito perigoso. Veja como ele pode se divertir em casa

Se você tem um gato de estimação, que tal deixar algum objeto para ele brincar quando você precisa sair e ele fica sozinho? Postes para arranhar e escalar ou uma roda para correr são opções interessantes.

O designer Sean Farley fez uma versão aperfeiçoada de uma roda de correr: é feita de plástico reciclado, por isso é mais leve e mais barata. A One Fast Cat é composta por peças que se encaixam facilmente e é menor que o modelo convencional, podendo ficar em qualquer cômodo da casa.

Para entender mais a respeito, confira o vídeo (em inglês) e acesse o site oficial.

Importância de manter o gato em casa (sem sedentarismo)

Quando um gato está na rua, ele caça pequenos animais que podem transmitir doenças, como ratos e pombos; arranja brigas, correndo risco de contrair doenças quando é mordido ou arranhado por outros gatos (as principais doenças são a “Aids”felina e a leucemia felina) e busca se reproduzir, aumentando a quantidade de gatinhos desabrigados e expostos a perigos.

Portanto, o melhor a fazer é deixar seu amigo felino sempre dentro de casa. Colocar tela na varanda e no quintal é uma maneira eficiente de impedir que ele saia. A castração também pode fazer com que ele perca a vontade de sair, além de protegê-lo contra doenças de origem hormonal.

Mas o gato doméstico, por mais que seja moderno, ainda tem instintos ancestrais e é um caçador nato. Ele precisa de atividades que gastem muita energia senão pode ficar entediado e assim começar a ter sonolência, mau comportamento, depressão e querer fugir. Por isso, é muito importante que você brinque sempre com ele, usando brinquedos caseiros como bolinhas de papel, um palitinho com penas na ponta e outros (nunca use barbantes ou novelos de lã, veja o porque).


Veja também: