Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Como as pedras zen conseguem pairar sob lagos congelados? A ciência explica esse fenômeno

As pedras zen são um conjunto de pedras empilhadas que são comumente encontradas em jardins zen ou em lagos congelados. Elas significam tanto a pureza na religião xintoísta como água nos jardins zen.

A arte de empilhar pedras zen é considerada um ato espiritual, que representa a paciência e o esforço físico para criar equilíbrio.  

A ocorrência dessas pedras também é presente na natureza. A formação natural sob lagos congelados é curiosa e por muito tempo foi especulada a razão para sua “levitação”. Nessas instâncias, as pedras parecem ser erguidas por um pedestal invisível e permanecem “pairando” sob o gelo. 

Se você quiser conferir a foto desse mistério da natureza, confira a matéria publicada no Science Alert aqui.

Porém, na natureza, as pedras zen não aparecem empilhadas. O ato de empilhar é feito por seres humanos. Na superfície dos lagos, a aparição de apenas uma pedra singular flutuando é mais comum. 

Empilhamento de pedras zen

A prática de empilhar pedras zen é comum em jardins zen e ocorre sem ajuda de suportes externos, como cola, arames ou qualquer outra forma de apoio. Ela é feita naturalmente e conta com a paciência do indivíduo para que permaneçam em pé. 

Os jardins zen, por sua vez, têm o simbolismo de adquirir ordem no meio do caos proporcionado pela natureza. 

Acredita-se que a prática pode agir como um tipo de meditação ou como método para o alívio do estresse. Além disso, elas podem ser uma ferramenta benéfica para a saúde mental

Simbolismo 

Dependendo de sua posição nos jardins, as pedras zen podem representar outras composições naturais. Quando deitadas na vertical, elas simbolizam a água. Na vertical, são usadas para representar árvores. 

Porém, as pedras, em um geral, podem também ser usadas para simbolizar montanhas, uma figura maior (como Buddha). Na entrada de muitos jardins, uma pedra grande pode significar um sinal de “bem-vindo”. 

Como flutuam?

Na natureza, essas pedras não são apresentadas de acordo com os jardins zen. Sua formação natural pode ser observada em diversos locais, onde geralmente ficam sozinhas. Além de florestas e outros locais onde sua aparência é comum, essas pedras também são achadas na superfície de lagos congelados, parecendo levitar.

A maioria das teorias sobre a “levitação” das pedras zen em lagos congelados eram feitas sem embasamento científico ou sustentadas por especulação. Por isso, dois cientistas da Universidade de Lyon na França simularam as circunstâncias dessas pedras na natureza para achar uma explicação. 

Os cientistas comprovaram que as pedras zen formam um tipo de “guarda-chuva” protetor do gelo. Esse guarda-chuva protege o gelo abaixo da pedra das radiações infravermelhas, o que desacelera a sublimação. 

Enquanto o resto do gelo derrete, o que é localizado embaixo da pedra permanece, criando o pedestal que faz com que as pedras pareçam estar pairando sob o lago.