Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Necessidade de ratificar novo acordo em parlamentos de países participantes é um dos empecilhos

O protocolo de Kyoto, que entrou em vigor em 2005, e contou com assinatura de 175 países, irá expirar no primeiro dia do ano de 2012. E as negociações da ONU para o clima não têm tempo suficiente para cumprir o prazo de firmar outro acordo até o fim deste ano.

O problema acontece porque para se chegar a um acordo sobre novas metas de redução de gases causadores do efeito estufa (e que tenha a mesma importância mundial do protocolo de Kyoto) os países teriam que ratificá-lo em seus parlamentos, de acordo com Christina Figueres, diretora do secretariado do clima da ONU.

No início das conversações sobre o clima que duram até o dia 17 de junho, em Bonn, na Alemanha, a diretora disse que os países compreenderam a brecha que se abre sem um marco regulatório vigente. Segundo ela, há “conversas construtivas” para lidar com essa nova realidade.