Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Se preferir, vá direto ao ponto Esconder

Por IPAM AmazôniaOCAA (Observatório de Comércio e Ambiente na Amazônia) promoverá, entre fevereiro e março, a série de webinários “Diálogos sobre bioeconomia amazônica e comércio internacional”. Serão dois encontros, reunindo representantes do setor privado, da academia e de organizações da sociedade civil, com o objetivo de entender quais são os critérios que deveriam definir a bioeconomia na Amazônia, oportunidades e desafios, além de sua viabilidade no Brasil e no exterior.

17/02 às 15h (Brasília) – Qual é a bioeconomia que a Amazônia quer?
17/03 às 15h (Brasília) – A viabilidade da bioeconomia na Amazônia

As inscrições devem ser feitas antecipadamente neste formulário. O link para conexão será enviado até 24h antes de cada encontro.

Embora existam diferentes entendimentos do que é a bioeconomia, ela se apresenta como um caminho sustentável para o desenvolvimento da região e sua participação no comércio global. Na Amazônia – onde é urgente uma ação coletiva para acabar com o desmatamento, gerar renda e criar resiliência diante das mudanças climáticas – a bioeconomia aparece como uma alternativa para suprir demandas comerciais e, ao mesmo tempo, respeitar a integridade dos ecossistemas e da sociobiodiversidade da região.

Programação

17/02 às 15h (Brasília) – Qual é a bioeconomia que a Amazônia quer?

Neste encontro, haverá uma introdução de diferentes vertentes e conceitos da bioeconomia, além de uma apresentação dos pilares fundamentais trabalhados pelo Grupo de Trabalho de Bioeconomia do IPAM. Os participantes também discutirão sua aplicabilidade em diferentes contextos da Amazônia e sua população.

Painelistas:
Joice Ferreira, pesquisadora da Embrapa Amazônia Oriental
Joaquim Belo, presidente do CNS (Conselho Nacional dos Extrativistas)
Denis Minev, CEO das Lojas Bemol e co-fundador do PPA (Plataforma Parceiros pela Amazônia)
Moderador e expositor: Paulo Moutinho, pesquisador sênior do IPAM (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia)

17/03 às 15 (Brasília) – A viabilidade da bioeconomia na Amazônia

No segundo encontro da série, o painel discutirá a viabilidade da bioeconomia na Amazônia como estratégia de geração de renda e o papel do comércio internacional para o desenvolvimento sustentável para a região. Os painelistas serão confirmados em breve.

Sobre o OCAA

OCAA (Observatório de Comércio e Ambiente na Amazônia) é uma plataforma que reúne informações qualificadas sobre as relações entre comércio internacional e meio ambiente na Amazônia, estimulando o diálogo embasado na ciência e o engajamento de diversos atores da sociedade pela prosperidade socioeconômica e ambiental na Amazônia.

Foi fundado por quatro organizações da sociedade civil: IPAM (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia), Cindes (Centro de Estudos de Integração e Desenvolvimento), iCS (Instituto Clima e Sociedade) e Imazon (Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia). Para receber as principais notícias sobre comércio e meio ambiente na Amazônia, inscreva-se na newsletter do OCAA.