Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Macaúba é uma árvore encontrada em todo o território brasileiro, da qual se extraem subprodutos utilizados em diversas indústrias. Confira benefícios e propriedades

Macaúba (Acrocomia aculeata) é uma palmeira nativa do Brasil com alto valor produtivo, pertencente à família Arecaceae. É uma planta encontrada em todo o território brasileiro, sendo especialmente comum nos estados do Pará, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Rio de Janeiro.

A árvore pode atingir de 10 a 15 metros de altura, com folhas que apresentam espinhos longos e pontiagudos. Também conhecida como coco-baboso, bocaiúva e coco-de-espinho, a macaúba pode ser integrada a pastagens existentes sem reduzir a produção de grama, e muitas vezes cresce em solos pobres, sendo bastante resistente a queimadas e secas.

Os subprodutos da macaúba podem ser usados ​​para diversos fins ao longo da cadeia de valor, incluindo a produção de ração animal, carvão ativado e cosméticos. Todas as partes da planta podem ser aproveitadas, dos frutos à madeira. Os usos mais populares são o óleo, a polpa e a farinha. 

Além disso, na polpa dos frutos encontra-se o ácido oleico, utilizado na fabricação do biodiesel. A macaúba, aliás, é considerada uma das matérias-primas mais promissoras para a produção de combustível biodegradável.

Quais são os usos de cada parte da macaúba?

  • Frutos

O fruto da macaúba contém diversas propriedades benéficas à saúde, além de produzir dois tipos de óleos: o da polpa, que é utilizado para produção de biodiesel, e o da amêndoa, prensado a frio para manter todas suas propriedades. O óleo da amêndoa é aplicado na produção de sabão, sabonete, margarina e cosméticos. 

  • Madeira

O tronco da macaúba produz um tipo de madeira grossa e super-resistente, que é ideal para a aplicação em construções.

  • Broto

A partir dos brotos da planta, produz-se também um tipo de palmito.

  • Folhas e flores

As folhas da macaúba servem como matéria-prima para a confecção de fibras para linhas, cordas e redes. Já o talo da folha é aplicado na fabricação de cestos e chapéus. As flores, por outro lado, têm valor ornamental.

  • Espinhos

Sim, até os espinhos da carnaúba têm valor comercial! Por serem fortes e rígidos, podem ser utilizados como agulha para tecelagem.

  • Casca

Com alto teor de ferro, é utilizado para combater a desnutrição em crianças. 

  • Endocarpo

É utilizado na produção de carvão vegetal.

  • Amêndoa e polpa

Com alto valor nutricional, a polpa auxilia no fortalecimento da saúde dos olhos, aumenta a imunidade e combate o envelhecimento precoce. O óleo extraído da amêndoa é aplicado na indústria cosmética. 

Benefícios da macaúba para a saúde

O fruto da macaúba contém betacaroteno, um antioxidante essencial para a saúde da visão, o fortalecimento da imunidade e o crescimento e desenvolvimento dos ossos, além de suavizar rugas e linhas de expressão. A macaúba também é rica em vitamina C, vitamina E e ômega 3, 6 e 9.

O óleo da macaúba, com alto poder hidrante, pode ser utilizado também nos cabelos, proporcionando brilho e fortalecendo os fios. Sendo rico em ácido oleico e carotenoides, pode ser usado em produtos alimentícios, como margarina, óleo de mesa e creme vegetal, sendo uma alternativa saudável aos óleos tradicionais. 

O fruto da macaúba também é rico em lipídios, fibras e proteínas. Do tronco da macaúba, pode-se produzir também um tipo de vinho, conhecido vinho de macaúba. Além disso, o tronco contém quantidades significativas de amido, que também é usado como ingrediente em pães e outros produtos de panificação.