Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Documentário não possui narração, apenas imagens

Agbogbloshie é uma enorme favela localizada em Acra, capital de Gana. Lá está localizado o maior lixão de eletrônicos do mundo.

Com a intenção de mostrar como produtos de custo tão alto são facilmente descartados pelo consumismo na sociedade atual e como depois de jogados fora seus pedaços e materiais são reaproveitados e vendidos pelos moradores da favela, o cineasta David Fedele produziu o documentário “e-wasteland”.

Durante três semanas Fedele capturou imagens impressionantes e surpreendentes do dia a dia no lixão como pessoas, a maioria migrantes da zona rural de Gana, queimando o lixo eletrônico, que é altamente tóxico por conter chumbo, mercúrio, cádmio e outros metais pesados, para transformá-lo em material bruto e mais tarde, revende-lo.

No documentário não há legendas, diálogos ou narrações. São apenas imagens que falam por si só. Segundo Fedele, o objetivo de não colocar explicações é para justamente dar às pessoas a responsabilidade de pensarem por si só nas questões que o filme aborda.
O curta está disponível integralmente no site e-wastelandfilm.com

Foto tirada do site www.e-wastelandfilm.com