Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Um maestro famoso, uma cidade pobre e muitos meninos carentes. Conheça o projeto social “Sons da Terra”

O projeto “Sons da Terra” existe desde 2002 e é dirigido a crianças e jovens de mais de 72 comunidades carentes do interior do Paraguai. Seu idealizador é o maestro Luis Szarán, que escolheu mostrar, através da educação musical, uma maneira de construir uma história de vida e proporcionar atividades educativas e saudáveis para a população carente de seu país.

Szarán é um autodidata, assim como a maioria dos seus colegas de pátria. Isso se deu porque não há suporte educacional de qualidade no interior do Paraguai para as crianças desenvolverem uma vocação artística, assim como no Brasil. Então, ele teve a ideia de começar a administrar aulas de música gratuitas para as comunidades carentes e, como uma coisa leva a outra, grandes talentos e novas ideias começaram a surgir. A novidade foi o uso de material reciclado na cidade de Cateura, uma das regiões mais carentes do Paraguai. As crianças não têm condição de comprarem seus instrumentos e, por necessidade, usaram aquilo que ninguém mais queria e havia de sobra nos lixões da região: cabos de vassoura, latas de ferro, tampinhas de garrafa e polias viraram violinos e violoncelos nas mãos dos talentosos artesãos.

Hoje, a orquestra conta com mais de 200 obras resgatadas do repertório tradicional e contribui para expandir e valorizar a cultura da região. Os participantes acreditam que a música faz mais do que entreter as pessoas, eles a entendem como uma ferramenta de formar cidadãos. Depois de Szarán, Cateura nunca mais foi a mesma.

fonte: ecodesenvolvimento